Jogadores franceses valem mais que brasileiros, mostra relatório Fifa

0

Relatório divulgado pela Fifa nesta sexta-feira (14/1) mostrou algo inédito: publicado desde 2012, documento da entidade máxima do futebol revelou que os valores de transferências pagos por jogadores franceses superaram as cifras pagas por brasileiros.

Apesar da queda nos valores, o Relatório Global de Transferências  mostra que o Brasil ainda é o país que mais movimenta o mercado de transferências internacionais, que é quando um atleta sai de um país para atuar em outro. Foram 1749 transferências envolvendo futebolistas tupiniquins, ficando à frente de argentinos (896) e britânicos (837)

De acordo com levantamento da Fifa, a França é o país onde mais se gastaram (US$ 643.6 milhões) com aquisição de jogadores. Em seguida, aparecem Brasil (US$ 468.4 milhões) e Espanha (US$ 307.2 milhões).


0

Entre as transferências mais caras em 2021, não houve nenhum brasileiro no top 10. Comprado pelo Chelsea junto à Inter de Milão, Romelu Lukaku lidera o ranking, seguido por Jadon Sancho, que foi do Borussia Dortmund para o Manchester United.

O estudo apresentou também um cenário de queda nos valores gastos por clubes em relação ao ano passado., que foram impactados pelos efeitos da pandemia.

Em 2021, foram gastos US$ 4,86 bilhões (R$ 27 bilhões) com transferências de jogadores. Um ano antes, os valores atingiram US$ 5.63 bilhões (R$ 31,6 bilhões). Já em 2019, antes da pandemia, foram investidos US$ 7.35 bilhões (R$ 41.34 bilhões) em compra de atletas.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

 

 

 

 

O post Jogadores franceses valem mais que brasileiros, mostra relatório Fifa apareceu primeiro em Metrópoles.