Juventus consegue virada frenética contra a Roma por 4 x 3

0

A Roma é uma equipe famosa por suas “romadas”. Mas nem a torcida mais calejada deixa de perder os cabelos com uma partida tão sofrida quanto a deste domingo. Tudo parecia encaminhado para os giallorossi vencerem a Juventus, dentro do Estádio Olímpico, pela Serie A. O time de José Mourinho fazia grande partida e abriu dois gols de vantagem no início do segundo tempo. Só que “um apagão de sete minutos” levaria os romanistas ao desastre. Não sem méritos da Velha Senhora, que mudou o jogo a partir do seu banco, para transformar uma derrota por 3 x 1 em vitória por 4 x 3. O drama, aliás, ainda não era suficiente. Na reta final, os romanistas ganharam um pênalti e ficaram com um homem a mais. Pellegrini, a referência do time, viu Szczesny pegar sua cobrança e o fracasso do time da capital se tornava mais retumbante.

Contando já com a estreia de Ainsley Maitland-Niles na defesa, o bom início da Roma fez a diferença no Estádio Olímpico. Os giallorossi tomaram a iniciativa e logo passaram a acumular oportunidades para marcar. Wojciech Szczesny faria uma boa defesa em cabeçada de Tammy Abraham aos sete, mas, quatro minutos depois, o centroavante chegou às redes. Jordan Veretout cobrou escanteio em direção à pequena área e Tammy Abraham completou. Os romanistas seguiam em cima, com muitos erros da Juventus, que se via encurralada em sua área. Até por isso, o gol de empate da Velha Senhora surgiu como alívio. Federico Chiesa deu um passe excepcional para Paulo Dybala, que dominou e bateu de chapa no canto.

Leia a matéria completa no Trivela, parceiro do Metrópoles.

O post Juventus consegue virada frenética contra a Roma por 4 x 3 apareceu primeiro em Metrópoles.