RJ: 20% dos profissionais da rede municipal de Saúde pegaram com Covid

0

Rio de Janeiro – A rede municipal da capital fluminense está desde dezembro com cerca de 20% de seus profissionais afastados após testarem positivo para Covid-19, o que representa 5.500 profissionais das unidades municipais. Na cidade, são pelo menos 12 mil profissionais afastados, incluindo os hospitais particulares.

De acordo com o secretário Daniel Soranz, nenhum dos casos é considerado grave. Para suprir essa falta, um decreto permite que servidores de diversos setores possam trabalhar em unidades de saúde, em horários livres, por R$ 100 a diária.


0

“A gente não tem nenhum funcionário da Saúde em estado grave. Temos boa cobertura vacinal, estão todos em dia, com a terceira dose. Mas o afastamento, mesmo que por um período de sete dias, impacta muito no nosso funcionamento. Pessoas de todos os setores tão sendo afastadas”, afirma Soranz.

Ainda segundo o secretário, a capacidade operacional das unidades municipais ganhará reforço nos próximos dias, quando mais 400 novos profissionais começam a trabalhar – desde dezembro, 1.200 profissionais foram contratados.

“Os profissionais precisam se recuperar e está bastante difícil garantir a assistência à população com esse número reduzido de profissionais na linha de frente. A gente precisa segurar essa explosão de casos de Covid dessa nova variante pra não piorar ainda mais a saúde”.

Apenas na terça-feira (11/1), mais de 9,3 mil casos de Covid foram confirmados — o maior número registrado em um só dia desde o início da pandemia – na cidade do Rio.

O post RJ: 20% dos profissionais da rede municipal de Saúde pegaram com Covid apareceu primeiro em Metrópoles.