Cão especial: perfil mostra rotina de golden retriever cadeirante

0

Com 153 mil seguidores, a cadela Olivia, de 4 anos, está entre as celebridades do mundo animal. E ela tem um diferencial que torna sua rotina muito particular: após cair de uma laje quando tinha 30 dias, Olivia ficou paraplégica, e seus tutores tiveram de fazer uma série de adaptações para que a golden retriever tivesse uma vida feliz como cadeirante em Sorocaba (SP).

Eduardo Palota e Mariana Camargo, tutores da cadela, contam que a adotaram após ver uma foto dela no perfil de um abrigo de animais, o Instituto Luisa Mell. “Vi a história de que ela havia caído de uma laje de 7 metros, quebrado a coluna, o tutor não quis a responsabilidade e acabou levando ela para uma clínica veterinária. Por conta dos gastos, ele optou por eutanásia”, relata Mariana

O veterinário Kaio Marcondes, entretanto, decidiu não sacrificar o animal e o enviou para o abrigo, que começou uma campanha nas redes para que ela encontrasse uma nova família.


0

Inicialmente, Mariana diz que achou que não teria condições financeiras de adotar Olivia, mas passou a ter sonhos com a cadela. “Eu sonhei uma semana que eu estava indo buscá-la. Então, eu enviei um e-mail e fui lá para conhecer. Foi muito forte”, relembra.

“Quando eu cheguei lá, ela estava dentro de uma baia e ela sorria para mim, foi muito lindo. Eu fui embora e parecia que eu tinha ganhado um presente.” Alguns dias depois, Mariana levou a golden para casa e conta que Eduardo não achou uma boa ideia no início, uma vez que os cuidados com a cadela exigiriam um valor alto. “Mas não teve jeito, ela conquistou ele.”

 

 

“Hoje, ela é o nosso tesouro, o nosso porto-seguro. A gente faz o que pode e o que não pode para vê-la feliz”, finaliza.

O casal, então, criou um perfil no Instagram para compartilhar a rotina de Olivia e inspirar outras pessoas a adotarem animais com deficiências.

“Olivia caiu na minha vida como uma bomba, mas não daquelas que destroem tudo quando explodem, e sim aquelas que explodem de tanto amor, paz, gratidão, e tantos ensinamentos diários”, diz. “Eu aprendi a trocar fralda, eu aprendi a amar incondicionalmente um ser que não é da minha espécie, eu aprendi a respeitar os animais de verdade, e o mais importante: hoje, eu enxergo o mundo deles diferente.”

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Cão especial: perfil mostra rotina de golden retriever cadeirante apareceu primeiro em Metrópoles.