Cinco dicas descomplicadas para dar banho no seu pet em casa

0

Um pet limpinho e cheiroso é uma companhia ainda melhor, mas dar banho nos bichinhos nem sempre é uma tarefa fácil. Principalmente quando esse serviço é feito em casa. 

Sempre têm aqueles que gostam, a turminha da bagunça e os que só querem fugir. Porém, além de controlar os animaizinhos, é preciso garantir que tudo foi feito da forma certa quando se dá banho no pet em casa. E para facilitar essa missão, o Metrópoles separou algumas dicas com ajuda de Mariana Penteado de Castro, do It Pet. Leia abaixo!


0

1. Escolha o lugar certo

Tem quem use tanque da área de serviço e os que preferem o chuveiro, sem contar quem usa garagens e quintais para os pets maiores. As regras aqui são simples: oferecer um espaço que ele fique em uma posição confortável, com acesso a água morna e que não exista correntes frias.

2. Algodão nos ouvidos e shampoo diluído

Na hora de dar banho em cães e gatos, é importante colocar algodão nos ouvidos deles para garantir que não entre água. Mas lembre de tirar depois! 

Outra dica é molhar bem o pelo dos pets e esfregar o shampoo nas mãos antes de aplicar no pelo deles. Além disso, é possível diluir o produto com um pouquinho de água para facilitar a aplicação. Para usar o condicionador, também é indicado passar nas mãos antes do corpo do pet.

3. Esfregue todas as partes

As partes mais encardidas, como patas e pés, são sempre pontos de atenção na hora do banho dos pets. Mas é preciso lembrar de lavar entre os dedos, no bumbum e na barriga – no caso das fêmeas, tenha cuidado para não machucar as mamas. 

4. Seque direitinho

Para Mariana, a parte mais importante de um bom banho é a secagem. Isso porque, se pelos ou pele ficam úmidos, os animais podem contrair doenças de pele. A dica para esse momento é secar primeiro com a toalha, o máximo possível. Depois use secador para garantir a secagem completa. 

Atenção: se o pet tiver algum problema dermatológico, verifique com o/a veterinário/a qual a melhor forma de secá-lo. Nem sempre é indicado o uso de secadores.

5. Respeite o intervalo entre banhos

Diferente dos humanos que vivem neste país tropical e precisam de banhos diários, cachorros e gatos não podem tomar tantos banhos assim. Os cães precisam ter o intervalo mínimo de sete dias entre os banhos, já os gatos podem se limitar a um por mês. 

 

O post Cinco dicas descomplicadas para dar banho no seu pet em casa apareceu primeiro em Metrópoles.