Delegados da PF de Alagoas criticam ingerência política na corporação

0

Delegados da Polícia Federal de Alagoas que integram a Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) criticaram as intervenções políticas por que a Superintendência da PF no estado vem passado. Em nota, divulgada nesta segunda-feira (9/5), os agentes disseram que estão “sempre atentos e vigilantes para combater e repudiar” ingerências políticas.

Na última quinta-feira (5/6), o diretor-geral da PF, Márcio Nunes, tentou trocar o chefe da PF de Alagoas, o delegado Sandro Valle Pereira, sem sucesso. O ministro da Justiça, Anderson Torres, vetou a troca.

Na nota, os delegados defenderam que a Polícia Federal deve atuar de forma independente e sem sofrer “qualquer tipo de ingerência por qualquer superior hierárquico”. Em tese, o diretor-geral da PF deve ter autonomia para efetuar as trocas que bem entender dentro da corporação.

A assessoria da PF não se manifestou sobre as razões de a substituição ter sido suspensa nem de quem partiu a ordem política. Os delegados da ADPF pedem que a direção nacional da associação cobre um posicionamento da corporação.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

O post Delegados da PF de Alagoas criticam ingerência política na corporação apareceu primeiro em Metrópoles.