“Macaco”: torcedor é preso por suspeita de xingar árbitro negro em GO

0

Goiânia – Um torcedor de 38 anos foi preso em flagrante suspeito de injúria racial contra um árbitro de futebol amador, em um distrito de Rio Verde, no sudoeste goiano. A situação teria ocorrido quando o juiz marcou uma falta durante uma partida amadora e teria sido chamado de “macaco“, “ladrão” e “urubu”.

O caso aconteceu na tarde desse domingo (8/5). O árbitro Leonardo Trindade, que tem 43 anos, contou à Polícia Militar que marcou uma falta e, em seguida, ouviu o torcedor gritar para ele da arquibancada: “Seu ladrão, macaco, preto, urubu”.

À PM, em depoimento, Leonardo disse que o homem teria reafirmado a ofensa: “É para você mesmo”. Duas testemunhas contaram a mesma história à corporação.

O homem acabou preso e levado à delegacia, onde foi registrada a denúncia e o suspeito ficou detido. O caso é investigado pela Polícia Civil de Goiás (PCGO) como injúria racial.

Segundo registro na Justiça de Goiás, até por volta de 15h desta segunda-feira (9/5) o homem não tinha um advogado e não havia passado por audiência de custódia.

“É uma coisa que a gente fica até em choque. Vemos acontecendo em outros estádios, mas nunca achamos que vai acontecer com a gente. […] O cidadão está detido na CPP. É um lugar bom para ele pensar no que ele fez”, disse Leonardo ao portal G1.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post “Macaco”: torcedor é preso por suspeita de xingar árbitro negro em GO apareceu primeiro em Metrópoles.