Rafael Ramos é preso por injúria racial após jogo contra Inter

0

O lateral direito do Corinthians Rafael Ramos foi preso em flagrante no estádio Beira-Rio após o empate em 2 x 2 com o Internacional.  Ele foi acusado de racismo contra o volante Edenilson, do Colorado. As informações são do UOL.

O Corinthians pagou a fiança de R$ 10 mil e Rafael Ramos responderá em liberdade.

O volante Edenilson, do Internacional, prestou depoimento à Polícia Civil ainda no vestiário do estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, após ter acusado Rafael Ramos de tê-lo chamado de “macaco”. A ofensa racista teria ocorrido durante o segundo tempo do empate entre as equipes.

Em nota, o Inter confirmou a versão do jogador e lamentou o caso, afirmando ser “inadmissível” que casos deste tipo continuem ocorrendo ainda em 2022. “O Clube do Povo reitera que repudia todo e qualquer ato de preconceito e apoia o seu atleta”, disse a agremiação colorada.

Edenilson deixou o gramado do Beira-Rio sem falar com a imprensa, assim como os outros atletas do Internacional. Segundo o atacante Jô, do Corinthians, Ramos teria dito para ele que não havia chamado Edenilson de “macaco”, mas sim de outro termo com sonoridade parecida.

O post Rafael Ramos é preso por injúria racial após jogo contra Inter apareceu primeiro em Metrópoles.