Semana em Fakes: voto parcial, títulos cancelados e as “2ªs intenções”

0

Nas últimas semanas, duas das notícias falsas que mais circularam na internet apontavam para supostas regras do processo eleitoral. No final de março, mensagens começaram a denunciar que o TSE, ao mesmo tempo em que estimulava o voto dos jovens, estaria “cancelando sem motivo” o título eleitoral de idosos.

A notícia falsa circulou como um texto solto em redes sociais e, posteriormente, houve uma denúncia em Santa Catarina sobre o assunto. Detalhe: a história dos títulos de idosos sendo cancelados sem motivo e o caso em SC não procediam. Todos os cancelamentos de títulos de idosos se deram por algum motivo (motivos que cancelariam o título de pessoas de qualquer faixa etária). O Boatos.org, veículos de mídia, outros sites de checagem e o próprio TSE tiveram que desmentir a tese falsa.

Mais recentemente, no início de maio, outra tese sobre “regra eleitoral” voltou a circular online. Criada originalmente em outubro de 2018 (às vésperas da última eleição presidencial), uma mensagem apontava que se o eleitor teria o voto anulado se votasse apenas para presidente e, por exemplo, votasse em branco para outros cargos. A história, que citava a figura do “voto parcial” também foi desmentida no Boatos.org, veículos de mídia, sites de checagem e TSE.

Esclarecidas as desinformações, nos resta analisar um elemento que reforça que não existe “fake news grátis” (se existem, estão cada vez mais raras). Por trás de cada uma das duas histórias é possível perceber um objetivo e um público a ser atingido.

No caso dos “títulos cancelados”, podemos ver um objetivo para além do “ataque ao TSE” (que também faz parte da retórica política de um grupo de pessoas simpáticas ao presidente Jair Bolsonaro): mobilizar o voto das pessoas mais velhas. Pesquisas eleitorais mostram que pessoas mais velhas tendem a votar em Bolsonaro mais do que os jovens. Logo, a mobilização dos idosos fará com que títulos sejam regularizados e, em tese, favorecia o atual presidente. Ou seja: trata-se de uma fake news que tem como foco pessoas simpáticas a Bolsonaro e com idade mais avançada.

A outra história, do voto parcial, tem outro intuito de mobilização. Focada essencialmente em quem já vai votar em Bolsonaro (tanto que a história pululou em grupos a favor dele), ela nada mais é do que incentivo para que as pessoas votem em aliados do atual presidente. Não deve demorar muito para essas mesmas pessoas receberem listas de “candidatos recomendados por Bolsonaro”. Quem viver verá.

Com isso, terminamos este texto com um convite: quando você vir uma informação bombástica circulando por aí, vá além do que está nas palavras. Pense a quem a história se destina e qual seria a consequência da massificação. Em tempos de fake news nebulosas, entender a que se presto um conteúdo pode ser um passo para descobrir se ele é verdadeiro ou falso.

Trends da semana

Palavras mais buscadas no Boatos.org nos últimos dias

  1. Ankole (Confira detalhes aqui)
  2. Voto parcial (Confira detalhes aqui)
  3. Cheiro da morte (Confira detalhes aqui)
  4. Lula (Confira detalhes aqui)
  5. Hospital do Homem (Confira detalhes aqui)
  6. Aphelion (Confira detalhes aqui)
  7. Cacau Show (Confira detalhes aqui)
  8. Fenômeno aphelion (Confira detalhes aqui)
  9. Fenômeno Aphelion (Confira detalhes aqui)
  10. Novas multas (Confira detalhes aqui)

Os desmentidos mais lidos do Boatos.org nos últimos dias

  1. Mensagem falsa que aponta que fenômeno Aphelion chega junto com onda de frio (Confira detalhes aqui)
  2. História falsa que aponta que voto parcial (só para presidente) vai anular o voto (Confira detalhes aqui)
  3. Fake news que aponta que um perfume chamado “cheiro da morte” está sendo utilizado em assaltos (Confira detalhes aqui)
  4. Dica falsa que aponta que digitar Ankole no Google faz com que fotos suas apareçam (Confira detalhes aqui)
  5. Informação falsa que aponta que Lula foi vaiado e hostilizado em shopping de BH (Confira detalhes aqui)

Destaques nas redes sociais

  • No Twitter (siga o Boatos.org aqui), e no Instagram (siga o Boatos.org aqui)
  • História falsa que aponta que voto parcial (só para presidente) vai anular o voto (Confira detalhes aqui)
  • No Telegram (siga o Boatos.org aqui)
  • A Semana em Fakes da última semana, sobre o Dia das Mães (Confira detalhes aqui)
  • No Facebook (siga o Boatos.org aqui) e no YouTube (siga o Boatos.org aqui)
  • História falsa que aponta que Lula foi hostilizado shopping de Belo Horizonte (Confira detalhes aqui)

Desde o início de 2021, o Boatos.org promove a seção “A Semana em Fakes”, com análises sobre assuntos relacionados a fake news. O conteúdo é aberto para republicação em veículos de mídia. No momento, publicamos o conteúdo no Jorn., Portal Metrópoles, Portal T5, Conexão Marília, O Anhanguera e RP10 (caso tenha interesse, entre em contato com o Boatos.org para saber as condições). Para ver todos os textos da seção, clique aqui.

O post Semana em Fakes: voto parcial, títulos cancelados e as “2ªs intenções” apareceu primeiro em Metrópoles.