Adolescente tenta se matar após abusos frequentes do pai em Bambuí

0

Depois de passar seis anos sendo abusada pelo próprio pai e de tentar se matar por causa disso, uma adolescente de 14 anos resolveu contar, nesta segunda-feira (16) a uma professora que estava sendo abusada, em Bambuí, na região Centro-Oeste de Minas. Na escola, o Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados. O suspeito não foi preso.

Segundo a polícia, a menina contou que os abusos eram frequentes, mas que ela tinha medo de contar o crime, porque o pai, de 49 anos, a ameaçava e dizia que se ela contasse ele iria matá-la e mataria também a mãe dela. Nesta segunda, ela aproveitou que a mãe não estava em casa na companhia do suspeito e contou para a professora, acreditando que assim seria mais difícil o pai matar a mãe.

A adolescente relatou ainda que no último domingo (15), o suspeito chegou a estuprá-la durante a madrugada, enquanto ela dormia ao lado do irmão mais novo, que não percebeu nada. Os funcionários da escola disseram que a adolescente estava apresentando um comportamento diferente e recentemente ela cortou os pulsos, tentando se matar.

A Polícia Militar constatou que o suspeito está com mandado de prisão em aberto pelos crimes de estupro e furto. O homem fugiu e a polícia faz rastreamento para tentar encontrá-lo. A vítima passou por exames de corpo e delito no hospital da cidade e a ocorrência foi encerrada na Delegacia de Polícia Civil de Bambuí.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui