Filha do goleiro Bruno e da dentista Ingrid Calheiros nasce em Varginha, MG

0

Bruno visitou insituição onde deve começar a trabalhar em Varginha (Foto: Reprodução/EPTV)

A filha do goleiro Bruno Fernandes com a dentista Ingrid Calheiros nasceu nesta quarta-feira (13) em Varginha (MG). A informação foi confirmada por Lúcio Adolfo, um dos advogados que representa o goleiro.

Isabela nasceu na noite desta quarta-feira no Hospital Regional de Varginha e é quarta filha de Bruno. Além de Bruninho, filho e pivô do caso Eliza Samúdio, o goleiro teve outras duas filhas com a ex-mulher Dayane Rodrigues.

Como Bruno trabalha no Núcleo de Capacitação para a Paz (Nucap), desde agosto deste ano, e Ingrid tem autorização para frequentar o local, o goleiro deve conhecer a filha nos próximos dias.

Filha do goleiro Bruno com a dentista Ingrid Calheiros nasceu no Hospital Regional de Varginha (Foto: Reprodução EPTV)

Prisão em Varginha

Bruno Fernandes está no Presídio de Varginha desde abril deste ano, quando se entregou após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar uma liminar que lhe concedia liberdade. Ele chegou a ser levado para a Penitenciária de Três Corações, mas retornou para a unidade de Varginha após o juiz da Vara de Execuções de Contagem (MG) aceitar o pedido da defesa para que ele cumpra o restante da pena na cidade.

Em junho, o TJMG atualizou o atestado de pena do goleiro. No documento, constava que o goleiro só poderia pedir a progressão de pena para o regime semiaberto a partir de 11 de março de 2019. No entanto, em setembro, a pena foi reduzida após a condenação por ocultação de cadáver ser extinta. Entenda a pena:

Com isso, a condenação inicial de 22 anos e 3 meses de prisão caiu para 20 anos e 9 meses. Com a redução, a defesa acredita que ele já cumpriu o tempo mínimo necessário para obter a progressão de pena, avançando para o regime semiaberto.

Caso Bruno consiga a progressão, deve poder trabalhar fora do Nucap e dormir em casa, já que Varginha não possuiu albergados ou centros onde os detentos possam dormir enquanto estão no semiaberto.

Goleiro Bruno Fernandes voltou à prisão em abril (Foto: Régis Melo)

Goleiro Bruno Fernandes voltou à prisão em abril (Foto: Régis Melo)

Carreira como jogador e trabalho no Nucap

Quando foi preso em 2010, Bruno era titular do Flamengo, campeão brasileiro de 2009. O goleiro também era cotado como um dos principais nomes para uma vaga na Seleção Brasileira. Com a prisão, acabou tendo a carreira interrompida por seis anos e meio.

No início de março, após conseguir uma limitar de soltura, Bruno fechou acordo com o Boa Esporte e se mudou para o Sul de Minas, onde retomou a carreira de jogador de futebol. No entanto, no dia 26 de abril, após um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a Primeira Turma do STF julgou o habeas corpus, que foi negado, e derrubou a liminar, mandando o goleiro de volta à prisão.

Em agosto, o goleiro conseguiu autorização para trabalhar no Nucap. Segundo a decisão da Justiça, o goleiro não vai poder ter contato com a área externa nem com pessoas de fora da instituição – apenas com parentes e familiares, como Ingrid.

Cerca de 60 crianças, filhos de condenados e de egressos, são atendidas pelo núcleo. No local, elas recebem alimentação e reforço escolar. Também participam de atividades como natação e futebol, além de receber atendimento psicológico e assistência social.

Goleiro Bruno durante jogo do Boa Esporte (Foto: Régis Melo)

Comentários

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui