Construtora é denunciada por abandonar empreendimentos e causar prejuízo estimado em R$ 5 milhões a clientes em MG

0

A Polícia Civil de Divinópolis investiga denúncias de um golpe teria sido aplicado por uma construtora em Divinópolis. O prejuízo a cerca de 50 pessoas é estimado em R$ 5 milhões.

De acordo com o delegado regional, Leonardo Moreira Pio, a RBH Construtora Ltda pode ser indiciada por estelionato. Conforme as denúncias, a construtora encerrou as atividades e saiu de Divinópolis deixando inacabados os três empreendimentos que conduzia na região central da cidade.

G1 tentou contato com a construtora, no entanto nenhum funcionário ou responsável foi encontrado. Procurada pela reportagem, o serviço de contabilidade responsável pelas contas da empresa afirmou que ainda não tem conhecimento do inquérito da Polícia Civil e que, por isso, não pode informar se a empresa realmente foi fechada.

Leonardo Pio informou que o inquérito foi aberto no início desta semana.

“Recebemos a denúncia de que a construtora teria fechado as portas e os sócios teriam abandonado a cidade. A partir de então, diversas vítimas começaram a procurar a autoridade policial para noticiar os fatos. Temos aproximadamente 50 vítimas já identificadas em construções desta construtora. Os imóveis estão avaliados entre R$ 300 e R$ 400 mil. Alguns chegam até em torno de R$ 1 milhão. Então, o prejuízo é bem grande”, afirmou.

Polícia Civil investiga construtora suspeita de dar golpes em Divinópolis Construtora RBH Estelionato — Foto: Reprodução/Segs

‘Permanentemente fechado’

Dos três empreendimentos da construtora em Divinópolis, apenas um estava em fase de conclusão, mas os demais foram iniciados.

O G1 consultou o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa na tarde desta sexta-feira (14) e constatou que a última atualização no sistema foi feita há cerca de um mês.

Os sites da construtora estão fora do ar e, ao procurar o nome da mesma em um serviço de pesquisa pela internet, o mecanismo de buscas apontou que o local está “permanentemente fechado”.

Em mecanismo de busca, local aparece como ‘permanentemente fechado’ — Foto: Reprodução/Google

Sócios são procurados pela polícia

O delegado regional Leonardo Pio contou que os sócios da construtora estão sendo procurados pela polícia. Pela manhã, a irmã de uma sócia da empresa prestou depoimento na Delegacia de Divinópolis, mas o conteúdo do relato não foi informado.

“Os responsáveis se encontram em local incerto. A notícia que temos é que eles venderam a casa onde moravam- uma casa de luxo-, em um valor bem abaixo do de mercado e depois fugiram da cidade. Ninguém sabe o paradeiro deles, mas estamos em diligência para encontrá-los”, disse.

O advogado Victor Azevedo, que representa as vítimas, disse que entrará com uma ação conjunta representando todos os lesados pelo golpe em um dos empreendimentos. Possivelmente, outras duas serão abertas.

“Ainda não sabemos quando entraremos com a ação. Uma reunião com as comissões será feita na próxima segunda-feira (17), mas precisamos ajuizá-la o mais rápido possível até porque, se os proprietários da construtora desapareceram e estão se desfazendo de seus bens, precisamos pedir o bloqueio destes o quanto antes para tentar reparar os danos”, disse.

Comentários

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui