Acusado de matar comerciante em São Paulo é preso em Poços de Caldas, MG

0

Um homem de 48 anos acusado de matar uma comerciante em São Paulo (SP), no início do mês de dezembro, foi preso em Poços de Caldas (MG) nesta terça-feira (11). Segundo a Polícia Civil, Ricardo de Araújo Lima foi pego quando se preparava para fugir da cidade, rumo a Pouso Alegre (MG).

A vítima, Maria Irene Arruda de Lima, de 44 anos, era dona da casa onde ele morava, no bairro Itaquera, na capital paulista. O acusado alega que era ameaçado por ela por conta de uma dívida.

“Eu tinha cheque com eles e ela falava que queria a casa de qualquer maneira. Eu fiz isso com medo. Ela tava ameaçando muito, eu e minha família. Eu não tinha intenção nenhuma de fazer isso com ela”, contou em entrevista à EPTV, afiliada da Rede Globo.

Segundo a polícia, Ricardo confessou o crime. “Confessa também a premeditação do fato. De acordo com ele, ele já teria uma amizade de longa data com o companheiro da vítima. Em razão dessa amizade, Ricardo acabou contraindo uma dívida no valor aproximada de R$ 60 mil com a família”, explica o delegado Ernani Peres Vaz.

O acusado contou à polícia que, antes do crime, fez a mudança da própria família para Poços de Caldas. Sozinho na capital paulista, comprou uma arma e, no dia 5 de dezembro, foi até o estabelecimento comercial da vítima, alegando que iria entregar um veículo como pagamento da dívida.

Homem de 48 anos foi preso em Poços de Caldas (MG) e confessou crime em São Paulo (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

“Durante as negociações com a senhora Irene, sem nenhum tipo de reação por parte dela, o Ricardo teria sacado essa arma e efetuado um disparo, que a atingiu na região do tórax, o que acabou gerando seu óbito”, comentou o delegado.

Ricardo chegou a se entregar à polícia em Poços de Caldas dias atrás, mas não foi preso porque ainda não havia um mandado de prisão expedido pela Justiça de São Paulo. “Só que desde quando ele compareceu à delegacia de Poços foram iniciados os contatos com o doutor Eder, que é responsável pela investigação desse homicídio em São Paulo”.

A partir deste contato, segundo o delegado, foi expedido um mandado de prisão temporária. “Ontem, quando os policiais conseguiram realizar a prisão dele, ele já estava com destino a Pouso Alegre e, segundo levantamentos ainda não confirmados, depois de Pouso Alegre ele iria se deslocar para a cidade de Aparecida”.

O homem foi encaminhado para o presídio de Poços de Caldas.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui