Garoto do Norte de Minas viraliza nas redes sociais por tocar bateria de latas e tem sonho realizado por empresário de Santa Catarina

0

Pouco mais de seis minutos de vídeo e quase 3 milhões de visualizações. Isso foi o suficiente para realizar o sonho de um jovem morador da zona rural de Francisco Sá, no Norte de Minas. David Fernando Carvalho de Oliveira, de 14 anos, toca desde os nove um instrumento musical que ele mesmo construiu. A reunião de algumas latas de tinta e pratos de metal simulam uma bateria na qual o menino pratica há anos, imaginando tocar um equipamento de verdade. A vontade estava distante de se materializar devido à condição financeira da família dele, até tudo mudar.

Um vídeo de David Fernando tocando a bateria improvisada foi feito por um parente, que visitou o menino e a família dele para ajudar nas dificuldades. O primo distante, Olímpio Elton, havia ido até a comunidade de Mangal, em Francisco Sá, para ajudar na reforma da pequena casa onde o garoto vive com três irmãos e os pais. Segundo ele, o pai do menino sofre com problemas de visão. Como não consegue mais enxergar e trabalhar para o sustento da casa, o parente levou até a propriedade amigos pedreiros voluntários, para pintar e consertar o imóvel.

Ao final dos trabalhos, o primo que é compositor evangélico viu o garoto praticando na bateria de lata e resolveu registrar o momento. “É da família, né? Aí fui lá para ajudar a reformar, porque o pai dele não está dando conta, está cego. Reformamos a casa e no final vimos a bateria de sucata. Falei com ele que iria fazer o vídeo para pedir uma bateria de presente para ele, e deu a repercussão que deu”, conta Olímpio.

A música que Olímpio canta no vídeo se chama “O Homem das Mãos Furadas”, dos Irmãos Levitas (confira o vídeo abaixo). David Fernando já havia publicado outro vídeo na rede social tocando a mesma bateria, e não deu repercussão. Quando o primo publicou, em menos de uma semana mais de 2 milhões e 700 mil pessoas assistiram, e cerca de 98 mil compartilharam. Para o garoto, foi tudo uma grande surpresa.

Posted by Olimpio Elton on Saturday, December 8, 2018

“Eu já tinha postado um vídeo antes, e não teve quase nada. Foi quando o irmão Olímpio chegou e filmou que o vídeo bombou. Fiquei surpreso, porque em poucos dias tinha mais de um milhão de pessoas assistindo”, comenta o garoto.

David Fernando frequenta a Igreja Avivamento Bíblico, em Cana Brava, outra comunidade rural de Francisco Sá, um pouco maior que Mangal, onde ele vive. Foi lá que ele teve o primeiro contato com a bateria. Um irmão mais velho tocava louvores no instrumento e através disso o adolescente se sentiu estimulado. A ideia de reunir as latas de metal para construir a bateria veio junto com o irmão instrumentista, e a família chegou a tomar banhos frios no inverno porque não havia mais latas para esquentar água.

“Quando faz frio, a gente toma banho é esquentando a água na lata da minha avó no fogão de lenha, mas como eu peguei tudo, teve vez que a gente tomou banho frio. Tinha uns baldes aqui, eu levava para escola e os meninos ficavam caçoando de mim”, relembra.

Depois da repercussão, David conta que os colegas pararam de rir da bateria improvisada. O instrumento de lata deu a ele a chance até de tocar de verdade na igreja algumas vezes, porque os coordenadores da área musical sabiam da aptidão do garoto. “Estou muito alegre, graças à ajuda dos irmãos que foram lá em casa estou próximo de realizar meu sonho desde pequeno”, comemora.

Realização do sonho

Entre os quase 3 milhões de visualizadores do vídeo, um empresário catarinense foi sensibilizado. Antônio Silva mora em Florianópolis e nunca conheceu o Norte de Minas. Entre um compartilhamento e outro, ele assistiu o garoto praticar ao lado do primo e resolveu entrar em contato.

“Eu vejo vídeos todos os dias na internet, mas eu senti veracidade nele. Eu consegui sentir o desejo da pessoa. Da mesma forma que eu tive oportunidade de alguém me tirar da rua e me dar uma oportunidade, eu quis fazer o mesmo por ele. Sei que ele não quer só ganhar e mostrar que ganhou, ele vai ajudar mais gente com isso. Da mesma forma que hoje eu repasso um bem que recebi, ele também vai fazer o mesmo. É tão pouco o que a gente faz”, diz Silva.

O empresário conta que morava na rua e foi ajudado por uma família adotiva, que o permitiu ter a realidade transformada. Ele afirma ter tido vontade de fazer o mesmo pela família do David através de um sonho de adolescência.

“A pessoa que me ajudou, ajudou minha esposa, meus filhos, os funcionários da minha empresa, todo mundo. Assim como a ajuda que recebi, quem sabe o que estou fazendo agora não possa se multiplicar. Eu quis resgatar a dignidade dele, realizar um sonho. Não foi para fazer propaganda, para nada. É só uma pessoa realizando um sonho. Podia ser um objeto de R$ 10. Só esse sentimento de gratidão que senti na voz dele já valeu a pena”, comenta Antônio Silva.

David Fernando visitou lojas de instrumento em Montes Claros pela primeira vez nesta terça-feira (18/12/2018). Ele foi até os estabelecimentos e escolheu a bateria do preço que desejou. Antônio Silva fez a transferência diretamente para a loja. O garoto ainda não levou para casa o instrumento pela dificuldade de deslocamento, mas nesta quarta-feira (19) vai retornar para buscar a realização de um sonho.

“Estou muito ansioso. Hoje eu já fui em Montes Claros escolher a bateria. Conheci a cidade pela primeira vez. Foi muito bom. Fui em três lojas, achei uma bonita, fui na outra, achei uma mais bonita. Na última loja, escolhi a mais bonita de todas. Fiquei muito alegre”, diz.

Depois de tudo, o adolescente afirma sentir muita gratidão pelo homem que nem conhece e resolveu ajudá-lo sem pedir nada em troca. “Ele falou que viu meu vídeo e ficou surpreso. Não cheguei a perguntar o motivo, ele só falou que queria ajudar. Falou que eu podia escolher de qualquer preço. Agradeço muito a ele. Aprendi que no mundo tem muita gente ruim, mas tem muita gente boa também”, se emociona.

David Fernando escolheu a bateria que sonhava — Foto: Olímpio Elton

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui