Perueiros fazem manifestação contra prisões de clandestinos

0

Uma manifestação de perueiros contra prisões de motoristas e cobradores de vans e microônibus classificados como transporte clandestino deve complicar o trânsito em algumas das principais vias de Belo Horizonte e região metropolitana na manhã desta segunda-feira (3).

Motoristas se reuniram em vários pontos e seguem em comboio até a Praça da Liberdade e, em seguida, até a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Um grupo saiu da BR-381, em Contagem, na região metropolitana. O trânsito no sentido Belo Horizonte apresenta retenção por conta do protesto.

Outros grupos saíram da região do Mineirão, na Pampulha, além a BR-040, em Ribeirão das Neves, e Via Expressa, em Contagem. O protesto não é ligado a nenhum sindicato.

Os manifestantes dizem ainda quem podem se deslocar até a Cidade Administrativa.

De acordo com Abdiel Freitas, empresário dono de vans e microônibus que presta serviço universitário e fretamento, o setor tem enfrentado dificuldades para ser compreendido em legislação. Ele cita como exemplo a dificuldade para se adequar ao cadastro exigido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG). “Queremos que eles atualizem as leis. Quem tem um carro com mais de 20 anos de uso não pode ter cadastro no DER. Então quem nos obriga a ser clandestinos é o próprio DER”, argumenta.

Ele diz que os trabalhadores do setor têm sido detidos em flagrante. “O que estamos requerendo é que esses profissionais não sejam presos”, diz. Desde o começo do ano, a Polícia Militar havia informado que iria intensificar o trabalho de fiscalização do transporte clandestino na região metropolitana de Belo Horizonte.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui