Polícia cumpre mandados de busca e apreensão na Câmara de Vereadores de Passos, MG

0

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na Câmara de Vereadores de Passos e em uma construtora da cidade na manhã desta sexta-feira (21). De acordo com os policiais, a suspeita é de possíveis irregularidades na contratação de serviços e também caixa 2 entre 2013 e 2014.

A operação recebeu o nome de ‘Paper trail’, ou ‘trilha de papel’, em tradução livre. Durante as buscas, foram apreendidos documentos, pen drives e computadores na câmara e nos três escritórios da construtora.

“Nós reebemos uma notícia solicitando a investigação do extravio desses documentos que dizem respeito ao processo de licitação da reforma e obra de engenharia do plenário da câmara. Durante a investigação, nós notamos que documentos fundamentais que deveriam compor esse processo de licitação de fato não estavam arquivados no procedimento”, explicou o delegado Felipe Capute.

Polícia investiga suposta fraude em Passos — Foto: Graziela Fávaro/EPTV

“Ao aprofundar as investigações, nós tivemos indícios de que tais documentos possivelmente foram propositadamente extraviados ou ocultados para disfarçar uma suposta fraude naquele processo de licitação”, completou o delegado.

A ação contou com a participação de 18 policiais e teve apoio de um helicóptero da Polícia Civil.

“Nós estamos investigando primeiro o fato e as circunstâncias dos extravios desses documentos sem imputar, no momento, responsabilidade a ninguém no ato. Então nós não trabalhamos com possibilidade de prisão de ninguém nos próximos dias”, afirmou Capute.

A EPTV Sul de Minas, afiliada da Rede Globo, entrou em contato com a Construtora Siqueira Cardoso, mas até esta publicação não havia obtido retorno.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui