Produtores rurais buscam mais segurança após furtos de gado no Sul de Minas

0

O furto de cabeças de gado em sítios às margens da Rodovia Fernão Dias (BR-381) tem preocupado produtores rurais do Sul de Minas. Casos recentes foram registrados em pelo menos duas cidades, Cambuí e Estiva.

O produtor Pedro Cardoso Serafim, de Estiva, conta que quando chegou no curral, a cerca estava arrombada e cerca de 39 cabeças de gado haviam sido levadas. O sítio fica às margens da rodovia, o que pode ter facilitado a ação dos criminosos.

“O mais certeza aqui é que é caminhão baú que levou, não é caminhão gaiola. Isso aí é serviço que eu acho que eles gastaram quase a noite inteira para fazer.

Ele estima um prejuízo de mais de R$ 55 mil. Foi a segunda vez que é vítima de roubo.

Produtores rurais buscam mais segurança após furtos de gado no Sul de Minas — Foto: Reprodução/EPTV

No município vizinho, Cambuí, também cortado pela Fernão Dias, os casos só aumentam. Indignado, o produtor de leite Flávio Marques está reunindo vítimas para pedir ajuda ao Governo do Estado. Ele já conseguiu 47 assinaturas.

“Eu estava aqui em casa, aí ligaram que estavam roubando meu gado”, conta. “Eu fui lá, os ladrões estavam jogando o gado no pasto, viram a gente e correram. Aí eu achei que não voltavam mais. Depois de uma semana, vieram, tiraram as porteiras do curral, fizeram o embarque e levaram meu rebanho todo”.

A delegada de Estiva, Renata Brizi, informou que o caso está sob sigilo, para não atrapalhar as investigações.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui