Servidores da saúde iniciam greve por atraso no pagamento do 13º

0
Servidores de Saúde fizeram protesto em frente ao Palácio da Liberdade hoje de manhã

Os servidores da área da saúde de Minas Gerais começaram nesta quinta-feira (13) uma greve. Os profissionais como enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de raio-x e de farmácia  de todo o Estado estão mantendo uma escala mínima de 30%. Os médicos não participam do movimento. A principal reivindicação é o pagamento do 13º que ainda não tem data definida.

Segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde/MG), o movimento continua por tempo indeterminado. Na manhã desta sexta-feira, os trabalhadores fizeram um protesto na praça da Liberdade.

À tarde, eles vão acompanhar a reunião do governo sobre o pagamento do 13º salário. A categoria entrou com um mandado de segurança para que o Executivo se pronunciasse sobre o assunto. O prazo vence nesta sexta-feira.

Outras categorias

Não há previsão para o pagamento do 13º para nenhuma categoria de servidores do Estado. Funcionários da área de segurança também prometem manifestações caso a questão não seja resolvida na tarde desta sexta-feira.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui