Cachorro defende morador de rua em briga com sem-teto na avenida do Contorno

0
Crime aconteceu na avenida do Contorno, no bairro Floresta

Um cachorro defendeu seu dono, um homem de 47 anos em situação de rua, durante uma briga na madrugada desta sexta-feira (22) na avenida do Contorno, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Quando percebeu que o dono, que dormia no momento do ataque, havia sido atingido com um golpe de barra de ferro no braço esquerdo, o animal avançou contra o agressor e conseguiu desarmá-lo.

O suspeito do crime é também um homem em situação de rua, este tem 41 anos e precisou ser internado no Hospital de Pronto Socorro (HPS) João XXIII após ser ferido durante a briga. De acordo com a Polícia Militar, ele já cometeu inúmeros crimes na região e teria se envolvido também nos homicídios de dois moradores de rua.

Dois colegas do homem de 47 anos dormiam na calçada no momento do crime. Eles confirmaram a versão do amigo à polícia. Este precisou receber atendimento médico no mesmo hospital onde o suspeito está em função do ferimento causado em seu braço pelo golpe de barra de ferro. Depois de ter sido liberado, compareceu à delegacia para prestar esclarecimentos.

Segundo ele, na noite dessa quinta-feira (21), o suspeito de 41 anos o teria ameaçado alegando que ele e seus amigos teriam roubado seu carrinho e, em seguida, acabou indo embora. Horas mais tarde, quando os três amigos já dormiam, o criminoso desferiu um golpe no braço da vítima de 47 anos.

O cachorro, de acordo com a ocorrência, teria então acordado e avançado na direção do suspeito que, no susto, deixou cair duas facas. Ainda com a barra de ferro nas mãos, ele teria dito que iria matar o rival. Os dois entraram em luta corporal e o mais velho conseguiu desarmar o suspeito e o atingiu com um golpe na cabeça.

Uma ambulância do SAMU prestou socorro ao suspeito. A perícia compareceu no endereço onde o crime aconteceu. Policiais do 1º Batalhão, à frente das ocorrências na região, disseram que o homem de 41 anos que está internado já detido no João XXIII é autor de alguns crimes no Centro de Belo Horizonte e estaria, aliás, envolvido nos homicídios de dois homens em situação de rua.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui