Prefeito Kalil rebate governador Zema: “decidido só a não decidir”

0

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), rebateu crítica feita pelo governador Romeu Zema (Novo) e afirmou que sofreu uma “agressão gratuita” do governador. 

O prefeito usou uma frase do ex-primeiro ministro do Reino Unido Winston Churchill para responder críticas feitas pelo governador sobre a postura de BH durante a pandemia do Coronavírus. 

“Em resposta à agressão gratuita que recebi do governador do Estado, em entrevista à Rádio Jovem Pan, parafraseio Winston Churchill, em um livro atual para o momento que vivemos, Memórias da Segunda Guerra Mundial. ‘O governador vai em um estranho paradoxo, decidido só a não decidir, resolvido só a não resolver, firme na deriva, sólido na fluidez, onipotente na impotência”, disse Kalil por meio de nota. 

Na quinta-feira (21), Zema afirmou em entrevista que Kalil atua “fora da curva” nas decisões sobre o combate à pandemia em comparação com outras prefeituras. “Tem muita gente trabalhando em silêncio, e tem alguém gritando, e às vezes, fazendo quase nada, que parece ser um pouco a situação aqui da capital”, disse Zema. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui