Governo aprova, e Mineiro terá reta final jogada em BH, Nova Lima ou Sete Lagoas

0
Mineiro volta em 26 de julho e será disputado em sede única

O restante do Campeonato Mineiro será disputado provavelmente em sede única e com retorno em 26 de julho. As definições ocorreram em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (17), entre a Secretaria Estadual de Saúde, membros da Federação Mineira de Futebol (FMF) e representantes dos departamentos médicos de América, Atlético e Cruzeiro. Belo Horizonte é a cidade preferida para ser a sede das partidas restantes, mas ainda não é certo que a capital vai abrigar os jogos. Caso não seja BH, o torneio deve terminar de ser disputado em Nova Lima ou Sete Lagoas, segundo apurou o Super.FC. Os times ficariam isolados no município escolhido, passando por testes frequentes do novo coronavírus com muito controle e seguindo um protocolo rígido.

As partidas, vale destacar, seriam disputadas em estádios. Os Centros de Treinamentos dos clubes não são cogitados para a realização dos jogos, já que é necessária uma logística para as transmissões da TV, o que os CTs não permitem. A ideia tinha sido apresentada pelos times da capital. Com isso, os clubes sugeriram Mineirão, Independência e Sesc Venda Nova como bases para os duelos restantes do certame, caso BH seja a sede.

Com a provável data de 26 de julho, serão um mês e dez dias para que todas as equipes se preparem para a disputa das duas últimas rodadas da fase de classificação e das fases mata-matas posteriormente para os times classificados. O diretor de competições da FMF, Leonardo Barbosa, explicou as definições após a reunião desta manhã.

“Tivemos uma reunião com a secretaria. Estamos juntos com o governo. Não vamos confrontar, vamos trabalhar juntos. Sabemos do quadro e de como a situação está complicada. Mas não podemos depender eternamente do pico da pandemia, que antes seria em maio, passou pra junho, depois julho, e agora pode ser até agosto, porque se for assim, não vamos voltar nunca. Apresentamos uma proposta para o governo de isolamento das equipes, confinamento, testagem e controle para poder voltar o futebol independente da evolução da curva, porque estaríamos em um ambiente controlado. A secretaria gostou e aprovou a ideia, mas é uma proposta, o protocolo não foi fechado. Vamos começar a discussão e lapidar esse protocolo”, disse, durante live da Futclass.

“Mas o formato de confinar equipes em uma cidade com testagem e controle e fazer as partidas que faltam em uma sede, uma cidade única, está aprovado. Primeiro vamos validar esse protocolo com o governo. Depois do ok do governo, teremos a data. Hoje, a previsão da data é 26 de julho porque temos que ter 30 dias de treinamento para as equipes. Esperamos lapidar tudo ao longo da próxima semana para que os times já possam voltar a treinar e ter os 30 dias de preparação. A cidade não sabemos ainda qual será. Vamos avaliar com o governo e ver, entre as possibilidades, aquela com a curva mais controlada, que tem interesse, apoio do Executivo e tudo para podermos fazer. Belo Horizonte é opção, óbvio, sempre foi, por ser a capital e tudo, mas se BH não puder, vamos buscar outra”, completou.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui