Nova leitura do calendário Maia sugere fim do mundo nesta semana

0

Ainda estamos em junho de 2020, mas parece que este ano já durou mais de uma década. Já vivemos chuvas torrenciais, erupções vulcânicas, nervos à flor da pele por questões políticas e raciais, tudo isso permeado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que já deixou mais de 43 mil mortos somente no Brasil. Esses fatos podem reforçar uma nova intepretação do calendário Maia, que prevê o fim do mundo para, pásmem, esta semana!

Isso mesmo! Uma daquelas teorias da conspiração que vira e mexe surgem nas redes sociais apareceu na semana passada, pelas mãos do cientista Paolo Tagaloguin, conforme publicou o tablóide ingles “The Sun”. Se a previsão Maia não se concretizou em 12 de dezembro de 2012, pode ser porque ela foi erroneamente interpretada.

“Após o calendário juliano, estamos tecnicamente em 2012… O número de dias perdidos em um ano devido à mudança para o calendário gregoriano é de 11 dias. Durante 268 anos, usando o calendário gregoriano (1752-2020) vezes 11 dias = 2.948 dias. 2.948 dias / 365 dias (por ano) = 8 anos ”, twittou o cientista Paolo Tagaloguin. O fio de postagens, no entanto já foi excluído da rede social.

Se o cientista estiver correto, somando todos os dias perdidos, a data do juízo final maia é a qualquer momento desta semana. Salve-se quem puder!

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui