Com mais de 112 mil casos, Minas tem 2.429 mortos pelo novo coronavírus

0
Minas Gerais atingiu nesta semana a marca de 100 mil casos confirmados de Covid-19; já são 112 mil neste domingo (26)

Apenas três dias após atingir a marca de cem mil casos de Covid-19, o Estado de Minas Gerais ultrapassou a marca de 112 mil diagnósticos da doença neste domingo (26). Balanço epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) indica que 2.478 casos de coronavírus receberam confirmação apenas entre sábado (25) e esta manhã – uma média de 103 por hora.

O número de mortes também é elevado e, segundo estatística oficial, 2.429 mineiros e moradores do Estado morreram depois de serem infectados com o coronavírus. Vinte e cinco óbitos foram confirmados pelo órgão estadual apenas nas últimas 24 horas – sendo a maior parte delas, oito óbitos, em Governador Valadares no Rio Doce.

A doença acomete de forma fatal principalmente aqueles infectados com idades superiores a 60 anos. Aliás, a média de idade entre os mineiros que perderam a vida para a Covid-19 é 69 anos. Estatística da SES-MG indica que 83% das mortes aconteceram entre pessoas que possuíam comorbidades anteriores à infecção e as mais comuns são as doenças cardiovasculares, a hipertensão e a diabetes.

Os óbitos aconteceram em 373 municípios de Minas Gerais, significa que em 43% das cidades mineiras há registros de mortes por Covid-19. A taxa de letalidade da doença, segundo a Secretaria, é de 2,1%.

Um alerta existente desde o surgimento dos primeiros casos ainda no mês de março refere-se à ocupação de leitos de UTI e enfermaria. Apesar do balanço epidemiológico diário não conter estes índices, ele indica que 13.165 mineiros e moradores do Estado com diagnóstico de coronavírus demandaram leitos de internação nas redes pública e privada.

Além deste indicador, há também outro que destaca a ocupação nos hospitais de Minas Gerais. De acordo com a Saúde, o número de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) – que tem um quadro sintomático semelhante àquele provocado pela Covid-19 – aumentou 1.145% em relação a 2019.

Pandemia avança pelo interior

Há exatos dois meses quando a situação da pandemia era considerada mais branda em Minas Gerais, o contágio pela Covid-19 havia atingido 397 municípios mineiros, cerca de 46% dos aqui existentes. Um mês depois, em junho, já à beira do pico, o número de cidades com casos confirmados ou óbitos pela doença chegou a 674, aproximadamente 79% dos 853 municípios do Estado. Dados publicados neste domingo (26) apontam que apenas 60 cidades não têm casos em Minas Gerais. Significa que a doença atinge, hoje, 92% dos municípios.

Belo Horizonte permanece como a cidade com maior concentração de infectados e mortos pelo coronavírus. São 16.778 casos confirmados e 459 mortes segundo relatório da SES-MG. Logo em seguida aparece Uberlândia, cidade no Triângulo Mineiro com uma população cinco vezes menor que a da capital mineira. O município concentra neste domingo 11.785 moradores com diagnóstico de Covid-19 e 188 óbitos.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui