Divinópolis confirma 22ª morte por Covid-19 no boletim desta terça-feira

0
Número de casos de coronavírus passou de 600 em Divinópolis — Foto: Mauricio Vieira/Divulgação

Divinópolis registrou duas mortes por Covid-19, de acordo com o o boletim diário divulgado nesta terça-feira (28). As pacientes eram do sexo feminino, uma com 64 anos e outra com 85 anos. Ambas estavam internadas na Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (Upa).

O informe também apontou que 604 pessoas testaram positivo para a doença. Desde o dia 16 de julho, o município não registrava novas mortes pelo coronavírus. Agora são 22 mortes causadas pela doença.

Ainda de acordo com o informe, a atual taxa de isolamento social no município é de 35%. Além disso, 526 pessoas estão curadas da doença. Neste informe, Divinópolis também registrou suspeitas da doença descartadas e a diminuição de pacientes internados com a Covid-19 na rede hospitalar da cidade.

* Veja mais dados sobre suspeitas descartadas, pacientes curados, leitos no município, taxa de isolamento e ritmo de contágio.

Óbitos

Os óbitos foram confirmados pela secretaria de Saúde na segunda-feira (27), mas após o horário da retirada do relatório oficial, por isso não puderam ser contabilizadas no boletim anterior.

Segundo o informe, a paciente de 64 anos estava hospitaliza na UPA desde o dia 19 de julho. Atestou positivo para Covid-19, através do exame de PCR detectável, no dia 20 de julho e faleceu no mesmo dia. Ela tinha diabetes e doença cardiovascular crônica.

 paciente de 85 anos deu entrada na UPA em 22 de julho. O exame de PCR detectável deu positivo no dia 24 de julho. A idosa faleceu no mesmo dia e não tinha comorbidades.

O secretário Municipal de Saúde, Amarildo Souza, reforça que o isolamento social ainda é a melhor medida de prevenção à Covid-19.

“O poder público age todos os dias no combate ao vírus, mas a população precisa fazer sua parte saindo de casa apenas como necessário, e caso saia, que se adeque as normas sanitárias para evitar o contágio”, afirmou.

Pacientes curados

Nesta segunda-feira, a Prefeitura divulgou que desde o início da publicação dos boletins, 526 pessoas se recuperaram da Covid-19 na cidade. No boletim anterior, de quinta-feira, o município havia divulgado que o número de curados era 506.

Taxa de ocupação

O boletim diário também conta com a quantidade de leitos exclusivos para atendimentos a pacientes com suspeita da Covid-19. Com isso, o município tem, neste informe, 229 leitos disponíveis: são 135 no setor de enfermaria e 94 no Centro de Tratamento Intensiva (CTI).

Ao todo, Divinópolis tem 59 leitos, entre UTI suplementar e UTI do Sistema Único de Saúde (SUS), para pacientes que não têm suspeita da Covid-19. Destes, 50 estão ocupados conforme o boletim desta sexta-feira.

Ocupação de leitos exclusivos para pacientes com suspeita da Covid-19

  Quantidade Ocupados Taxa de ocupação
Enfermaria 135 47 34,81%
CTI 94 23 24,46%
Total 229 70 30,56%

Casos confirmados e suspeitos

Divinópolis tem 604 casos confirmados de coronavírus, 11 resultados positivos a mais que o boletim de segunda. A quantidade de suspeitas descartadas da Covid-19 subiu para 338 casos, no boletim anterior eram 333 descartados.

Divinópolis tem 5.462 notificações suspeitas da doença, 92 a mais que o último boletim. Destas, 2.870 foram em pessoas do sexo feminino e 2.592 em indivíduos do sexo masculino.

A maior parte das notificações continua sendo em pessoas com idade entre 20 e 39 anos: 2.676. registros.

Saiba mais detalhes abaixo:

Faixa etária das notificações em Divinópolis

Idade Notificações
Menos de 1 ano 38
1 a 4 anos 165
5 a 9 anos 111
10 a 19 anos 307
20 a 39 anos 2.676
40 a 59 anos 1.566
Acima de 60 anos 599
Boletim Epidemiológico de Covid-19 de terça-feira (28) — Foto: Prefeitura de Divinópolis/Divulgação

Ao todo, 320 casos da Covid-19 foram confirmados em pessoas do sexo feminino e 284 em pessoas do sexo masculino.

Perfil de casos confirmados

Idades Casos
Menos de 1 ano 1
1 a 4 anos 6
5 a 9 anos 5
10 a 19 anos 24
20 a 39 anos 246
40 a 59 anos 226
60 anos ou mais 96
Boletim Epidemiológico de Covid-19 desta terça-feira (28) — Foto: Prefeitura de Divinópolis/Divulgação

Outros dados

O Boletim Diário da Prefeitura de Divinópolis divulga ainda informações sobre taxas de isolamento e letalidade, além do ritmo de contágio. Segundo Executivo, o Índice de Isolamento Social e o Ritmo de Contágio são divulgados pela plataforma “Corona Cidades”, desenvolvida pela ONG Impulso, Instituto Arapyau e Instituto de Estudos de Políticas de Saúde (IEPS), além da colaboração da empresa de tecnologia InLoco.

O objetivo da plataforma é auxiliar o poder público na coleta de dados relacionados à pandemia do coronavírus no Brasil. Os dados foram atualizados nesta quarta. Veja mais detalhes abaixo.

Taxa de isolamento social

O Índice de Isolamento Social aponta o percentual de pessoas que se encontram em casa durante a pandemia do coronavírus. Os dados são coletados através da geolocalização de celulares e smartphones.

A média percentual com dados da última semana, mostra que a taxa de isolamento social permanece em 35%. O número está bem abaixo do índice de isolamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 70%, para evitar o contágio da Covid-19.

Ritmo de contágio

Conforme dados consultados em um site do Executivo, o ritmo de contágio da doença na cidade é de 1,23. O dado leva em consideração a quantidade média de pessoas que cada contaminado pode infectar.

Se o índice ficar entre 1,65 e 2, o risco é considerado muito alto e há indicação de lockdown se a taxa de reprodutibilidade da doença passar de 2. Esse índice é um dos fatores que estão na Matriz de Mapeamento de Risco à Covid-19, que orienta as decisões do Poder Público em relação às medidas de isolamento social na cidade. Segundo a Matriz, o número é considerado de alto risco.

Taxa de letalidade

A taxa de letalidade em Divinópolis subiu para 3,64%. Este percentual considera o número de óbitos em relação ao total de casos confirmados.

Infográfico mostra as formas de transmissão da Covid-19 — Foto: G1

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui