Fundador da Ricardo Eletro presta depoimento após ser preso por sonegação

0
Ricardo Nunes presta depoimento sobre sonegação fiscal milionária

Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro, vai prestar depoimento, na manhã desta quinta-feira (9), no Ministério Público de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O empresário é investigado pelos crimes de sonegação fiscal aos cofres públicos de, ao menos, R$ 380 milhões, e lavagem de dinheiro. De acordo com  a assessoria de imprensa do órgão, a previsão é que o depoimento de Ricardo ocorra às 10h após ele passar a primeira noite no sistema prisional.

Além dele, Pedro Magalhães, diretor superintendente da empresa que teve a prisão revogada, se comprometeu a prestar esclarecimentos hoje, no período da tarde, no mesmo prédio.

Ricardo foi preso, nessa quarta-feira (8), em São Paulo, durante a operação “Direto Com o Dono”. Além dele, a filha Laura Nunes, e Magalhães tiveram os mandados de prisões expedidos. No entanto, as prisões de Laura e do funcionário foram revogadas ainda ontem. 

Esquema

Uma força-tarefa formada pela Receita Estadual, Ministério Público e Polícia Civil apontou que a Ricardo Eletro cobrava dos consumidores o valor do imposto, que já estava embutido no preço do produto. No entanto, a empresa não repassava o valor ao Estado. 

Por meio de nota, nessa quarta, a Ricardo Eletro informou que o empresário e os familiares dele não fazem parte da atual gestão da companhia. Versão essa contestada pela força-tarefa.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui