UFMG começa a testar vacina chinesa contra Covid-19 nesta sexta-feira em Belo Horizonte

0
Campus Pampulha da UFMG — Foto: Foca Lisboa/UFMG/Divulgação

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) começa, nesta sexta-feira (31), os testes da vacina chinesa contra a Covid-19 em Belo Horizonte.

No Brasil, a pesquisa é coordenada pelo Instituto Butantan, de São Paulo. Os testes em Minas estão a cargo do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos (CPDF), do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFMG.

Desenvolvida pela empresa Sinovac Biotech, a vacina é considerada uma das mais promissoras pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Minas Gerais.

Os voluntários são médicos, enfermeiros e paramédicos que atuam diretamente no cuidado de pacientes infectados pelo coronavírus. Mais de mil pessoas se candidataram, mas as inscrições continuam abertas. Pessoas que cumprem os pré-requisitos podem se inscrever pelo site do Butantan ou através do e-mail profiscovbh@gmail.com.

Em todo o Brasil, 9 mil pessoas vão participar dos testes. Em Minas Gerais, serão 852. Depois de receber as doses, os voluntários serão acompanhados durante um período que pode ultrapassar um ano.

Mauro Teixeira, coordenador do CPDF, explicou que o estudo será randomizado, quando os participantes são aleatoriamente distribuídos em dois ou mais grupos, e duplo-cego, porque nem o voluntário nem o examinador sabem qual substância está sendo aplicada. Um grupo receberá a candidata a vacina, mas outro grupo receberá uma substância inerte, o placebo.

Estudiosos tentam desenvolver vacina contra coronavírus. — Foto: CDC/Unsplash

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui