Criança é encontrada morta em Curitiba e mãe confessa crime, segundo a polícia

0

Uma criança, de apenas 3 anos, foi encontrada morta na tarde desta terça-feira (29), em uma área de mata na Cidade Industrial de Curitiba. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada após o Corpo de Bombeiros realizar os primeiros atendimentos na mulher que estava com machucados próximo a BR-277, entre Curitiba e Campo Largo. Ao fazer a abordagem, a mãe da criança teria confessado o crime.

corpo do pequeno foi encontrado próximo a uma cancha de futebol, em cima de um saco plástico. Segundo o delegado Nasser Salmen, o menino estava bem arrumado e junto com brinquedos.

“A fotografia é traumatizante. A criança estava bem vestida. É muito triste a fotografia que eu pude presenciar”, relatou o delegado.

Criança é encontrada morta em Curitiba

O crime será investigado pela Polícia Civil do Paraná. As informações preliminares apontam que a mãe e o filho saíram de casa, no bairro Portão, em Curitiba, com um táxi durante a tarde. A mulher teria ido direto ao local onde o corpo foi encontrado.

Ainda não se sabe se a criança foi levada já morta ou se o crime aconteceu na mata.

“Aparentemente houve ação motora, então o que é a ação motora, asfixia provavelmente. Isso vai ser determinante com o laudo do Instituto Médico Legal. É isso que nós temos previamente com relação ao homicídio”, esclareceu o delegado.

Ainda segundo Nasser Salmen, após uma conversa com os policiais, a mãe de 29 anos confessou o crime e revelou que queria tirar a própria vida. Com ferimentos nos pulsos, a mulher foi encaminhada de ambulância para o Hospital do Trabalhador, onde permanece até a manhã desta quarta-feira (30).

“A Polícia Rodoviária Federal foi quem nos copiou os fatos […] Eu aguardo a equipe de policiais que estão fazendo a escolta dela para tomar depoimentos complementares e mais detalhados sobre isso”, contou Salmen sobre a investigação.

pai da criança ficou em estado de choque ao saber da notícia. O homem foi levado para a Central de Flagrantes, porém não quis conversar com a imprensa. O pai, que morava com a esposa e o filho pequeno, estava bastante abalado.

Agora a investigação irá cuidar do caso e esclarecer a possível motivação. A mulher será detida e encaminhada a delegacia logo que receber alta.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui