‘Estarrecido’, diz Zema sobre assassinato de pré-candidato em Patrocínio

0

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), publicou uma nota de pesar na manhã desta sexta-feira (25) sobre o assassinato de Cassio Remis (PSDB), pré-candidato a vereador de Patrocínio, no Alto Paranaíba, na tarde dessa quinta-feira (24). O chefe do Executivo estadual disse estar estarrecido com o fato e pediu a prisão imediata do suspeito.

“Estarrecido com o assassinato brutal do candidato a vereador em Patrocínio, Cássio Remis. É inadmissível que o ambiente político se transforme nisso. É preciso ter tolerância. Minha solidariedade à família dele. E para criminosos que agem com brutalidade: o rigor da lei e cadeia”, disse Zema.

O presidente estadual do PSDB, Paulo Abi-Ackel, afirmou que divergências políticas não justificam atos de tamanha brutalidade. “O PSDB-MG manifesta seu mais profundo repúdio à violência que se abateu sobre o Presidente Municipal do PSDB de Patrocínio, Cássio Remis. Nenhuma divergência política justifica a substituição do debate e das diferenças por meios violentos, ainda mais diante de vidas humanas”, ponderou.

Entenda

Cassio Remis fazia uma transmissão ao vivo nas redes sociais denunciando uma obra da prefeitura de Patrocínio que, supostamente, beneficiaria o comitê de campanha do atual prefeito e pré-candidato à reeleição, Deiró Marra (DEM).

Durante o vídeo, o secretário de Obras do município e irmão do atual mandatário, Jorge Marra, de 60 anos, chegou ao local em uma caminhonete e tomou o celular do político. Depois disso, em frente à secretaria, eles tornaram a brigar e o autor sacou a arma e disparou na cabeça de Remis, que morreu no local.

Conforme o tenente-coronel Caixeta, da Polícia Militar de Patrocínio afirmou na manhã desta sexta-feira, o suspeito ainda está sendo procurado. De acordo com o policial, não há suspeitas de seu paradeiro.

Velório

Remis é velado na manhã desta sexta-feira na Câmara Municipal da cidade. A Casa emitiu uma nota de pesar em relação à morte do político, que já foi presidente do Legislativo.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui