Presidente do Cruzeiro explica que atual gestão não dá dinheiro para organizadas

0

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, usou o canal do clube no Youtube, nessa terça-feira (22) à noite, para se posicionar sobre os protestos dos torcedores no portão de entrada da Toca da Raposa II, pela manhã. 

O dirigente garantiu ainda que o clube não repassa dinheiro a torcedores em troca de apoio. “Não há oferta de dinheiro para ninguém, nem para torcida, nem para grupo de torcedor, nem para conselheiro ou pessoa envolvida no Cruzeiro”, garantiu.

Sérgio Rodrigues explicou a decisão do clube de receber alguns membros de torcida. “Recebemos diversos tipos de torcida, seja organizada ou grupo de internet, ou torcedores comuns. No primeiro protesto que houve na Toca da Raposa nós fizemos questão de recebê-los. Vimos muitas pessoas pedindo satisfação que a diretoria fosse ao encontro dos torcedores no aeroporto, mas ali não era o momento adequado. Estávamos vindo de uma viagem de 14 horas. Mas, no dia seguinte, fizemos questão de nos reunir com alguns torcedores”, destacou.

Sérgio Rodrigues que não está querendo cercear o direitos dos torcedores de protestar. Ele pede apenas que os atos não tenham violência. “Não pedimos para que deixe de protestar, hora nenhuma, desde que seja pacífico, batendo em portão e em carro de dirigente, como aconteceu com o meu carro na Toca, soltando foguete em direção ao prédio. Quisemos explicar a essas pessoas o trabalho hercúleo que essa diretoria tem feito mas que, infelizmente, não é um resultado que todo mundo espera no futebol”, ponderou.

O dirigente da Raposa pediu um voto de confiança na diretoria para que o clube possa sair um mais rápido possível dessa crise institucional, que afeta o futebol. “Temos quatro meses tentando reconstruir um Cruzeiro que ficou sendo destruído durante dois anos. Meu encontro com a torcida foi para pedir apoio que é isso que o Cruzeiro precisa. Violência e ameaça não leva a nada”, afirmou.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui