Concluir o trabalho e cumprir contrato: Louzer explica recusa ao Cruzeiro

0

Por meio de um comunicado oficial, a Chapecoense anunciou a permanência do técnico Umberto Louzer no comando do Verdão do Oeste, recusando a oferta proposta pelo Cruzeiro. Na nota oficial, o treinador admite a investida celeste, mas destaca que seguirá na Chapecoense por acreditar no projeto desenvolvido pelo clube. 

“Agradeço o contato do Cruzeiro, mas optei por permanecer na Chapecoense. De fato, houve um interesse para que pudesse assumir a equipe, mas acredito muito no projeto que aqui está sendo desenvolvido. Pesou nesta decisão minha vontade de permanecer e concluir o que começamos. Além disso, prezo por cumprir meu contrato por onde passo e aqui não será diferente”, disse o comandante, de 40 anos. 

Louzer, de acordo com apuração do Super.FC, já possuía tudo acertado com a Raposa. A passagem de embarque chegou a ser emitida. Mas uma conversa com Mano Dal Piva, vice-presidente de futebol da Chapecoense, fez o comandante mudar de ideia, optando pela sequência na Chape e recusando a proposta celeste.

O ponto forte do técnico no comando da Chapecoense é a defesa: são apenas sete gols sofridos em 24 partidas pelo clube. São 69,4% de aproveitamento em sete meses de trabalho. Ele acumula 14 vitórias pela Chape, com oito empates e apenas duas derrotas. O time está em terceiro lugar na Série B. 

A situação gerou um mal estar na diretoria de futebol do Cruzeiro, que contava com a presença do comandante já em Atibaia. Agora o time celeste vai voltar ao mercado na tentativa de suprir a demanda por um treinador gerada com a demissão de Ney Franco após o empate sem gols com o lanterna Oeste, no último domingo. O Cruzeiro é o vice-lanterna da Série B, com apenas 12 pontos, e volta a campo na sexta-feira, quando pega o Juventude, no Mineirão, às 21h30.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui