Idosos morrem com Covid-19 no Lar São Vicente de Paulo em Prata

0

Três idosos que viviam no Lar São Vicente de Paulo, em Prata, morreram diagnosticados com Covid-19. Outros 11 tiveram casos da doença confirmados e estão em tratamento, com acompanhamento da Prefeitura Municipal.

Segundo a médica da instituição, Katia di Blasio, o asilo está há sete meses sem receber visita e contava com 38 moradores.

Mas, um idoso deu entrada no local dia 14 de setembro e apresentou sintomas da doença, falecendo no dia 9 de outubro. Depois, outros também se contaminaram pelo coronavírus e o quadro evoluiu rapidamente para estado grave, causado a morte de mais dois internos. As vítimas tinham 94, 100 e 103 anos.

“Todas as ações foram intensificadas, nós conseguimos uma casa cedida pela comunidade e outros idosos que apresentaram sintomas ou foram diagnosticados foram transferidos para o local”, disse.

Entre os sintomas apresentados pelos pacientes estão principalmente febre e diarreia.

A médica explicou que seis idosos estão na residência provisória, com acompanhamento profissional e outros cinco internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), sendo três no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) e dois na Santa Casa de Araguari.

“É uma situação desesperadora, pois temos muito carinho com todos e ver que eles estão bons hoje, mas amanhã estão piorando e com o problema se agravando, é triste”, falou.

Acompanhamento da Prefeitura

Segundo informou a coordenadora epidemiológica da Prefeitura de Prata, Alessandra Vigilato, desde o início da pandemia são feitos acompanhamentos e capacitações de profissionais em locais, como o Lar São Vicente de Paulo. Inclusive com visitas da Vigilância Sanitária.

“Depois que soubemos dos diagnósticos, começamos a acompanhar os casos e dar todo apoio necessário com médicos e exames”, falou.

Ela conta que Prata já tem 659 casos de coronavírus confirmados, 20 mortes e 24 situações em acompanhamento.

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui