Servidor da Prefeitura de Juiz de Fora é preso por desvio de medicamentos e materiais

0
Material apreendido — Foto: Vagner Tolendato/ G1

A Polícia Civil prendeu na noite de quinta-feira (1º) o servidor público da Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Azalim, por desvio de medicamentos, equipamentos médicos e venda irregular destes produtos em Juiz de Fora.

A ação ocorreu após investigação conjunta com a Prefeitura de Juiz de Fora. A Secretaria de Saúde detectou uma baixa no estoque de remédios e materiais, incluindo testes para Covid-19,cadeira de rodas, estetoscópio, tiras de medição de glicose e diversos outros equipamentos que seriam utilizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Conforme apurado pelo G1, as suspeitas por parte da Prefeitura iniciaram há cerca de cinco meses, quando Marcelo Azalim estava responsável pela fiscalização de um contrato de compra de medicamentos e equipamentos. Uma investigação foi solicitada pela Polícia Civil, que confirmou a autoria dos desvios de materiais.

Azalim era assistente executivo da Subsecretaria de Atenção à Saúde. A função, de “Assessor III”, é um cargo comissionado.

Conforme os registros do Portal da Transparência da Prefeitura, ele recebia R$ 2.513,87 mensais. A exoneração de Marcelo foi publicada no Atos do Governo na madrugada desta sexta-feira (2).

Os detalhes sobre o esquema montado pelo então servidor ainda será divulgado em entrevista coletiva à imprensa durante a manhã desta sexta-feira, com o delegado responsável, Samuel Neri.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui