Suspeito de aplicar ‘golpe do motoboy’ é preso em Nova Lima

0

Um homem de 27 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil (PC) pelo crime de estelionato conhecido com “golpe do motoboy”. Ele foi localizado em um hotel na cidade de Rio Acima, na região metropolitana. O suspeito teria feito pelo menos quatro vítimas e causado um prejuízo de aproximadamente R$ 18 mil.

Nesse tipo de crime, uma pessoa finge ser funcionária de instituição financeira e liga para a vítima informando que ela teve o cartão clonado. Para solucionar o suposto problema, o golpista pede alguns dados como senha e convence a vítima a entregar o cartão a um motoboy. De posse do cartão e dos dados, o criminoso faz compras e movimentações financeiras. 

Na operação, os policiais apreenderam máquinas de cartão e máquinas usadas para reitrar os valores das contas das vítimas. O suspeito, que veio de São Paulo, admitiu o crime e disse que ele era responsável por ir até a casa das vítimas para recolher o cartão. Ele foi preso e está à disposição da Justiça.

Cuidado.

A PC orienta o cidadão a não repassar nenhuma informação referente a dados de acesso a cartões bancários por telefone. Após recebimento de ligação desse tipo, o titular da conta deve consultar seu gerente sobre alguma irregularidade. Nenhum banco pede o cartão de volta ou oferece para buscá-lo em casa. Quando precisar destruir o cartão, ele deve ser cortado em várias partes, e o chip também deve ser destruído.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui