Acusados de agredir e balear jovem por engano no Centro de Uberlândia são julgados

0
Jovem foi confundido e agredido no Centro de Uberlândia e 2018 — Foto: Reprodução/TV Integração

Dois acusados de espancar e balear um funcionário de um supermercado após ter sido confundido com outra pessoa, em Uberlândia, vão ser julgados pelos crimes nesta quarta-feira (11).

A fato foi em 2018, quando o jovem Rosivan Pinheiro de Sousa aguardava para trabalhar e foi agredido com socos e chutes, além de ser alvejado por tiros disparados por dois homens que saíam de uma casa noturna.

Os agressores foram reconhecidos por imagens que flagraram o fato (veja abaixo) e presos por tentativa de homicídio e posse ilegal de arma.

Segundo apurou o MG1, Denis Eduardo dos Santos, 32 anos, recebeu o benefício em responder em liberdade. Já o réu Everaldo Silva Magalhães, 34 anos, segue no presídio Uberlândia I, antigo Presídio Professor Jacy de Assis.

O júri popular será a partir das 13h no Fórum de Uberlândia, que fica no Palácio da Justiça Rondon Pacheco. Conforme o advogado de defesa, Júlio Moreira, a tese é provar que o crime se trata de lesão corporal.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui