Campanha fica acirrada, e Valadares pode ter segundo turno pela 1ª vez

0
Vista da cidade de Governador Valadares

Na última semana de campanha, a cidade de Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, pode ter um segundo turno pela primeira vez em suas eleições. É a opinião dos principais candidatos do município que ultrapassou os 200 mil eleitores em 2016.  

O atual prefeito e candidato à reeleição, André Merlo (PSDB), foi diagnosticado com Covid-19 e se afastou da campanha na última segunda-feira. Anteontem, ele foi transferido para São Paulo para dar continuidade ao tratamento, tendo inclusive gravado um vídeo para os eleitores.  

“Fui acometido pela Covid-19, mas estou tranquilo, estou medicado, só estou com o cateter nasal, mas está tranquilo. Peço as orações de vocês, e pra todos que estão com essa doença terrível, mas estou me recuperando muito bem, muito bem assistido”, disse o prefeito nas suas redes sociais.  

Enquanto isso, David Barroso (DEM), vice em sua chapa da Coligação Juntos para Fazer Mais por Valadares e coordenador da campanha, vai dando sequência na agenda seguindo um pedido de Merlo.  

“Temos convivido com muitos ataques ultimamente. Muitas fake news. Tem gente que já entubou o prefeito, tem gente que já matou o prefeito. Ele está bem, segue estável no hospital em São Paulo. Aconteceu essa mudança por decisão da família, de acordo com a orientação dos médicos, e ele resolveu ir para ficar mais tranquilo em relação ao tratamento. A gente entende que rapidamente ele estará de volta”, disse Barroso.  

“As atividades seguem na busca pela vitória. Vamos tocar a campanha normalmente a pedido do próprio André. Estou à frente e agora e assumo toda a agenda que estava com ele. Sempre estive ao lado dele, mas agora estou assumindo por aqui até ele se recuperar. Participamos de carreata, visita pelos bairros, encontros, reuniões e sempre tomando todos os cuidados. Eu fiz o teste logo após o dele e deu negativo, assim como outros membros da campanha”, afirmou Barroso.  

Já o atual vice e também candidato, Dr. Luciano (PSC), falou das dificuldades do início da campanha, da crença no segundo turno e desejou uma pronta recuperação ao oponente. “Desejo a ele uma recuperação rápida e total, jamais vou usar disso em política e espero que ele recupere. Me afastei dele por ações administrativas que eu não concordava. A minha campanha tem ido muito bem, apesar das grandes dificuldades iniciais, com calunias e difamações, meu nome foi crescendo e hoje aposto que vamos para o segundo turno com o atual prefeito”, declarou.  

Outro forte concorrente a disputar o cargo é o deputado federal Leonardo Monteiro (PT). O candidato foi taxativo nas críticas à atual gestão e reforçou a confiança de se disputar o segundo turno.  

“Tenho uma expectativa de ir para o segundo turno. Nós fizemos uma discussão do programa de governo, estamos apresentando uma proposta para a cidade de mudança, a população não aguenta mais a cidade toda esburacada. O prefeito começou a fazer algumas ‘coisinhas’ nos últimos seis meses, mas ele não conseguiu encaminhar as obras que recebeu em andamento. Existe uma insatisfação muito grande da população”, concluiu.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui