Coronavírus: número de infectados beira 410 mil em MG, e são 9.948 mortes

0
Defesa do corpo começa com a resposta imune, iniciada quando as células identificam o material genético do patógeno recém chegado

Ainda à semana em que atingiu a marca de 400 mil mineiros adoecidos com a Covid-19, o Estado de Minas Gerais aproxima-se a cada hora de um novo patamar de número de casos do novo coronavírus, sendo que à manhã desta sexta-feira (27), boletim epidemiológico mais recente da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) indica que cerca de 2.800 diagnósticos da doença foram registrados nas últimas 24 horas.

Com este aumento, pulou para 409.731 o número de infectados entre março e este mês de novembro apenas na região. Houve elevação também da quantidade de óbitos, e hoje são 9.948 as pessoas que morreram em decorrência de complicações provocadas pela Covid-19 – 44 mortes receberam confirmação apenas no período entre quinta-feira (26) e esta manhã.

O relatório da Secretaria de Saúde revela que cerca de 24 mil mineiros ainda recuperam-se da doença, enquanto os restantes entre os casos registrados são apontados como recuperados, ou porque cumpriram o período de isolamento ou porque receberam alta hospitalar e estão sem sintomas há mais de três dias.

O impactante número que está próximo de 410 mil doentes divide-se em casos registrados em todas as regiões mineiras, uma vez que a pandemia alastrou-se por 852 municípios. Apenas Cedro do Abaeté, localidade com cerca de 1.500 habitantes na Zona da Mata, não tem casos até hoje da enfermidade.

Belo Horizonte lidera as estatísticas como a cidade que concentra os maiores números de moradores diagnosticados com a Covid-19 e de residentes que morreram após serem infectados. Até esta sexta-feira, de acordo com o documento da SES-MG, exatas 51.991 pessoas que vivem em BH testaram positivo para o novo coronavírus, e 1.634 morreram em função da doença. Logo atrás aparece Uberlândia, com aproximados 37 mil casos e 700 óbitos.

Em relação às mortes totais em Minas Gerais, sabe-se que elas aconteceram em 673 municípios e que o índice de letalidade do coronavírus está em torno de 2,4% no Estado. Além disso, o balanço de hoje revela que as 44 mortes registradas nas últimas 24 horas ocorreram em três datas de junho, três de agosto, uma em setembro, duas em outubro e em dias deste mês de novembro.

A doença acomete de forma fatal principalmente aqueles que são portadores de comorbidades anteriores, sendo mais comuns entre eles as doenças do coração, a diabetes e as pneumopatias – estatística da SES-MG indica que em 75% dos óbitos houve comprovação de histórico de enfermidades entre os pacientes. A média de idade dos que perderam a vida para a Covid-19 é 71 anos.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui