Jovem passa dois dias em mata de Caeté depois de ser agredido e sequestrado por traficantes

0
Adolescente foi atendido e medicado na UPA de Sabará, e depois foi liberado para a família — Foto: Reprodução / TV Globo

Encontrado na noite desta segunda-feira (16), um adolescente de 17 anos, que estava desaparecido desde sexta-feira (13). Ele foi localizado às margens da MG-262, em um posto de combustíveis, no município de Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia, ele teria sido sequestrado.

De acordo com o boletim de ocorrência, o jovem voltava da casa da namorada, por volta das 4h de sábado (14), no bairro Madre Gertrudes, na Região Oeste de Belo Horizonte, quando foi abordado por três indivíduos que saíram de um carro Voyage, na cor preta.

A vítima relatou aos policiais que os homens estavam armados com bastões de madeira. Ele foi agredido com socos, chutes e pauladas até perder a consciência. Contou, ainda, que foi colocado no porta-malas do veículo e desmaiou.

O jovem disse à PM que só recobrou a consciência na tarde do mesmo dia, em uma área de vegetação, em Caeté. Ele permaneceu deitado no local, sem força física, durante dois dias. Quando conseguiu se recuperar, ele contou que seguiu a pé para a rodovia MG-262, mas não conseguiu ajuda para voltar para a casa.

Dívida com o tráfico

O jovem relatou aos militares que possui uma dívida de R$ 3 mil com traficantes da região onde mora. Ele disse que parte da droga que costumava guardar em casa foi extraviada. Ainda segundo a polícia, o rapaz acredita que pode ter sido sequestrado por membros dessa quadrilha, mas não reconheceu nenhum dos três autores que o agrediu.

Ele foi levado para a UPA de Sabará, na Região Metropolitana. O jovem foi medicado e liberado sob guarda da mãe.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui