Meghan Markle revela que sofreu um aborto natural em julho

0
Meghan Markle (Foto: Getty Images)

Via Revista Quem 

Meghan Markle revelou em artigo para o The New York Times, publicado nesta quarta-feira (25) que estava grávida e sofreu um aborto espontâneo recentemente, em meados de julho. Segundo a Duquesa de Sussex, o sentimento foi de “uma dor quase insuportável”.

“Eu sabia, enquanto agarrava meu primogênito, que estava perdendo o meu segundo filho”, disse Meghan para o Times, frisando que a perda e a dor os atormentou neste ano.

No artigo, ela explicou que em uma manhã de julho deste ano, sentiu uma cãibra muito forte, e que horas depois, já hospitalizada, “vi o coração do meu marido se partir enquanto ele tentava recolher os meus pedaços”.

Meghan Markle e Archie (Foto: Reprodução / Instagram)

“Perder um filho significa carregar uma dor quase insuportável, vivida por muitos, mas mencionada por poucos. Na dor da nossa perda, meu marido e eu descobrimos que em um quarto com 100 mulheres, 10 a 20 delas sofreram aborto espontâneo. No entanto, apesar da impressionante semelhança dessa dor, a conversa permanece um tabu, repleta de vergonha (injustificada) e perpetuando um ciclo de luto solitário. Algumas tem corajosamente compartilhado suas histórias; elas abriram a porta, sabendo que quando uma pessoa fala a verdade, isso dá licença para todas nós fazermos o mesmo”, disse ela no artigo.

A Duquesa de Sussex decidiu falar abertamente sobre o caso e compartilhar a sua experiência para encorajar as pessoas a “se comprometerem a perguntar aos outros: ‘Você está bem?'” durante o feriado de Ação de Graças.

O duque e a duquesa se mudaram neste ano para a Califórnia para viver longe dos holofotes da mídia, renunciando a seus cargos na realeza britânica. Meghan e o Príncipe Harry tiveram seu primeiro filho, Archie, em 6 de maio de 2019.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui