Ataque de ciúmes pode ter motivado assassinato de adolescente em BH, diz PC

0

A Polícia Civil concluiu o inquérito do assassinato de Jefferson Junio Gonçalves Coutinho, de 16 anos. Ele foi visto pela última vez em uma festa em uma casa do bairro Jardim Guanabara, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Na manhã desta quarta-feira (2), a instituição informou que a motivação do crime pode ter sido ciúmes. O suspeito, identificado pelo apelido de “Sansão”, de 40 anos, está preso. 

“Do dia 7 para o dia 8 de março acontecia uma festa de aniversário. A namorada do indiciado era amiga da vítima. Ela, também adolescente de 16 anos. Estavam comemorando o aniversário da irmã dela, e, naquela festa, houve um momento em que o suspeito achou que o adolescente teria tentado beijar a namorada dele. Em razão disso, ele atacou o menor, possivelmente, utilizando um estilete, mas há notícia também de um estrangulamento”, explicou a delegada Maria Alice Faria, da Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida (DRPD).

Após as agressões, a vítima teria sido colocada em um carro embrulhada em um edredom e desapareceu. Três pessoas, que não estavam na confraternização, teriam ajudado o criminoso. 

“Posteriormente tivemos informações, obviamente, não temos essa certeza, mas chegou a informação que ele teria sido picado e jogado no córrego. O corpo não foi encontrado, mas temos provas robustas da materialidade do crime e da autoria desse autor”, detalhou a policial. 

Segundo a delegada, Sansão foi preso em julho deste ano em flagrante por tráfico de drogas e tinha dois mandados de prisão em aberto. 

“Fizemos a representação pela prisão preventiva desse caso específico (do adolescente) e aguardamos a decisão judicial. Sobre esse caso do adolescente, ele não quis comentar o caso e disse que falaria apenas em juízo”, finalizou Maria Alice.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui