Uso emergencial da vacina contra Covid-19 pode ocorrer em dezembro, diz Pazuello

0
Uso emergencial da vacina contra Covid-19 pode ocorrer em dezembro, diz Pazuello

Caso seja aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o uso emergencial de vacinas contra a Covid-19 pode ocorrer ainda em dezembro no Brasil. A informação foi divulgada pelo ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, em entrevista exclusiva à “CNN Brasil” nesta quarta-feira (9). Na conversa, militar citou as três principais produtoras de vacinas que têm relação com o país – Pfizer, AstraZeneca e SinoVac. 

“Uso emergencial pode acontecer em dezembro, por exemplo? Em Hipótese? Se tivéssemos a dose, sim. Se a Pfizer conseguir a emergencial, e nos adiantar algumas doses, pode. Em quantidades pequenas, de uso emergencial. Pode acontecer com a Pfizer, pode acontecer com o Butantã, com a AstraZeneca. É íntimo da produtora, não é uma campanha de vacinação”, disse o chefe da pasta. 

Sobre o Programa Nacional de Imunização (PNI) propriamente dito, Pazuello afirmou que, se os registros na Anvisa ocorrerem em janeiro, é “bem provável que ente janeiro e fevereiro” comece a vacinação no Brasil. O general pontuou que há 15 milhões de doses da Pfizer garantidas para janeiro e 500 mil da AstraZeneca, chamada “vacina de Oxford”.

A malha geográfica de distribuição das vacinas contra a Covid-19 no será definida nesta quarta. A ideia, como em outras campanhas, é levar os insumos tanto em vias aéreas e rodoviárias para os Estados que, por sua vez, são responsáveis para distribuir o imunizante para os municípios. O ministro afirmou que acordos com empresas aéreas serão firmados para garantir a distribuição. 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui