Após denuncias de vereadores secretaria de saúde de Angelândia resolve parte dos problemas

0
Vereador voltou a unidade de Saúde Vila Nova para fiscalizar novamente.

Após denúncia dos vereadores Marcinho da Ambulância e Élio de Nagib (ambos do PSC) da situação de abandono da Unidade de Saúde do bairro Vila Nova que só havia uma enfermeiro e estava de portas fechadas para atendimento ao público e da situação caótica da unidade de saúde da comunidade do Fanado, a Secretaria de Saúde de Angelândia resolveu em partes as denúncias, pelo menos na unidade do bairro Vila Nova foi locomovida uma equipe de saúde, com pediatra,  um psiquiatra e um urologista para atendimento. 

Porém a unidade do Fanado ainda se encontra sem solução pelo poder executivo do município.

Há vários meses estas unidades estão sem atendimento e após as denúncias de moradores os vereadores foram fiscalizar e constaram a situação precária destas unidades. 

Denúncia

Vereadores verificaram denúncias dos moradores de Angelândia MG

Em Angelândia no Vale do Jequitinhonha a situação da área da saúde encontra-se em um verdadeiro caos é o que relatam os moradores do município. 

Os postos de saúde do bairro Vila Nova e da comunidade Fanado estão fechados desde o dia 16 de dezembro de 2020 e a quase três meses não há médicos nestas unidades.  

Após denúncias, os vereadores Marcinho da Ambulância e Élio de Nagib foram fiscalizar e constataram o abandono. 



Na unidade do Vila Nova, as portas estão fechadas e apenas uma enfermeira se encontrava na unidade para tentar atender casos mais simples, mas sem acompanhamento de técnicos de enfermagem, nem médico, ou qualquer funcionário de recepção, limpeza para receber os pacientes. 

Na unidade básica do Fanado a situação é ainda mais crítica, ela se encontra totalmente abandonada com fezes de animais, exposta ao tempo com sinais de danos estruturais e com risco de furto ou vandalismo. 



Segundo informações há também a falta de dentistas, técnicos de enfermagens nas demais unidades e que até médicos deverão se desligar nos próximos dias. 

Existe denúncias que há falta de testes de Covid-19 e que a real situação do município esteja sendo maquiada, o boletim epidemiológico não vem sendo divulgado com frequência o que reforça as denúncias. 

O Secretário de Saúde após pressão popular e muitas críticas seria trocado em 2021, porém o candidato a substituí-lo ficou pouco menos de um mês acompanhando os trabalhos da secretaria e desistiu de assumir o cargo. 

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui