Auxílio emergencial pode ser mantido, defendem Pacheco e Lira

0
Além disso, Pacheco e Lira colocaram as reformas tributária, administrativa, e as proposta de emenda à Constituição

Via Money Times

Os novos presidentes da Câmara dos Deputados e do SenadoArthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), comprometeram-se nesta quarta-feira a avaliar uma forma de retomar o auxílio emergencial, respeitando o teto de gastos.

Em declaração conjunta na manhã desta quarta-feira, os dois parlamentares colocaram a retomada de uma forma de auxílio, adotado como um alívio para os vulneráveis em meio à pandemia de Covid-19, mas que terminou em dezembro, e a garantia de acesso às vacinas contra a doença entre as prioridades dos seus mandados frente às duas Casas.

Além disso, Pacheco e Lira colocaram as reformas tributária, administrativa, e as proposta de emenda à Constituição (PECs) do pacto federativo e a dos fundos públicos entre as prioridades do Congresso, para que a tramitação das propostas seja acelerada.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui