Família registra desaparecimento de taxista de 34 anos na cidade de Santa Maria do Suaçuí, e polícia descobre que está preso por tráfico de drogas no RJ

0
Segundo os familiares, o homem estava desaparecido desde o dia 10 de fevereiro, quando foi fazer uma corrida em Belo Horizonte

Via G1 Vales de Minas Gerais

A família de um homem de 34 anos procurou a polícia para registrar o desaparecimento dele desde o dia 10 de fevereiro. De acordo com os familiares, ele é taxista em Santa Maria do Suaçuí, no Leste de MG, e teria ido para Belo Horizonte fazer uma corrida.

Segundo a Polícia Civil, no último contato feito com a família, ele disse que estava na capital mineira. Durante as investigações, foi levantado que ele teria ido ao Rio de Janeiro duas vezes, em menos de uma semana.

“Com o auxílio da Delegacia Regional de Guanhães, por meio da sua agência de inteligência, e do departamento de Governador Valadares, constatou-se que, na verdade, o desaparecido não teria ido a Belo Horizonte, teria ido ao Rio de Janeiro fazer movimentações naquele estado”, explicou o delegado de Santa Maria do Suaçuí, Douglas Mota.

Ainda de acordo com a PC, após as apurações conduzidas pela equipe da delegacia de Santa Maria do Suaçuí, foi constatado que o homem foi preso no município de Petrópolis, por tráfico de drogas.

Segundo a polícia, ele foi preso no dia 11 de fevereiro, quando tentava retornar para Santa Maria do Suaçuí, portando drogas dentro do veículo. Ele está em um presídio do Rio de Janeiro.

“No momento, os familiares já foram avisados sobre a localização dele e que se encontra à disposição da Justiça”, concluiu o delegado.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui