Jovem é morto com 17 perfurações de arma de fogo em Uberlândia

0
Ocorrência foi registrada nesta segunda-feira (5). Pai da vítima disse à PM que filho tinha dívidas de drogas

Via  Triângulo e Alto Paranaíba

Um jovem, de 29 anos, foi morto após ser atingido por diversos disparos de arma de fogo nesta segunda-feira (5) no Bairro Mansour II, em Uberlândia. Segundo a Polícia Militar (PM), a suspeita é de que ele tenha sido morto por uma dívida de drogas.

De acordo com a PM, a equipe foi chamada para o local após pessoas informarem que tinham ouvido barulhos de tiro na região. Os policiais realizaram buscas na área quando encontraram a vítima caída no chão.

Ainda conforme a PM, no local do crime foram encontradas sete capsulas de munições de arma de fogo e a vítima apresentava 17 perfurações, no rosto, abdômen e tórax. Os materiais localizados foram recolhidos pela perícia da Polícia Civil.

O Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) chegou a ser acionado, mas o jovem já estava sem os sinais vitais. Após os trabalhos da perícia, o corpo foi liberado ao Instituto Médico Legal (IML).

Motivo da morte

Segundo os militares, a vítima estava sem nenhum documento, mas havia uma foto dele registrada no sistema policial. Assim, entraram em contato com o pai dele, que confirmou a identidade vítima.

Em conversa com o pai, ele explicou que o filho era usuário de drogas e tinha o visto pela última vez há três dias em um ponto de uso e venda de drogas. O pai ainda relatou à PM que depois voltou ao local para perguntar sobre o jovem, e pessoas informaram que iriam matar o filho dele.

O pai ainda explicou que a vítima estava cometendo crimes, como furto, e também tinha uma dívida com traficantes de R$ 200, tendo que pagar nesta semana.

Conforme a PM, agora são feitas buscas para identificar o suspeito e entender a motivação do crime.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui