Mãe deixa filha de 6 anos sozinha cuidando de irmão de 2 e casa pega fogo em Brasilândia de Minas

0
Dyulia e seus dois filhos, Ana Clara de 6 e Davi de 2 anos – Foto: Arquivo Pessoal – Dyulia Cristina Machado da Silva

Fonte: JP Agora

Uma residência localizada no Bairro Contigente, em Brasilândia de Minas – MG, pegou fogo na tarde da última quarta-feira (05) e por pouco uma grande tragédia não aconteceu. Apenas duas crianças estavam na casa no momento do incêndio e, por sorte, elas conseguiram sair às pressas do local e pedir por socorro. O JP Agora conversou com a moradora, mãe das crianças, sobre o ocorrido. Ela contou que saiu para ir a uma consulta e deixou os dois em casa

Dyulia Cristina Machado da Silva tem 23 anos e é mãe da Ana Clara e do Davi, de 6 e 2 anos de idade, respectivamente. O JP Agora entrou em contato com a jovem depois que soube que a família está arrecadando dinheiro para reformar a residência através de uma vaquinha. Por ligação telefônica, Dyulia contou tudo o que aconteceu naquele dia.

A jovem mãe contou que tinha uma consulta médica marcada na quarta-feira (05). Então, por volta das 09:30 horas, ela saiu de casa e deixou os filhos. Segundo Dyulia, Ana Clara, de 06 anos, quis ficar em casa e ela autorizou.

“Eu não sou de largar meus filhos sozinhos, mas nesse dia ela quis ficar. Como eu tinha que ir na consulta, resolvi largar. Ela não queria ficar na casa da mulher que olha ela, pediu para ficar lá, eu deixei.”

Dyulia contou, ainda, que pediu para Ana Clara preparar a mamadeira do irmão enquanto ela estava fora, o que acabou causando o incêndio porque a criança dormiu e só acordou com a fumaça tomando conta da casa. Ana Clara teve tempo de pegar o irmão e fugir para a rua.

“Pedi a minha filha para fazer mamadeira para o irmão. Ela arrumou a mamadeira e deitou para dormir e acordou com a fumaça da casa já pegando fogo. Só deu tempo de ela puxar ele pelos pés, correu para o lado de fora e saiu correndo para chamar os vizinhos.”

O fogo tomou conta da casa, o que acabou abalando toda a estrutura da residência. No dia do ocorrido, Dyulia viu o que tinha acontecido quando retornou da consulta e se desesperou preocupada com seus filhos, mas logo foi avisada que os dois estavam bem. Vizinhos e a PM apagaram as chamas. Uma ocorrência foi registrada, mas a causa do incidente não foi apontada na ocasião.

Passado o susto, a família precisa de ajuda para reconstruir a casa porque a estrutura das paredes ficou comprometida em razão das chamas. Será necessário derrubá-las para construir de novo. Se você pode e tem interesse em ajudar, faça um PIX de qualquer valor para Dyulia Cristina Machado da Silva pelo número de CPF: 106.207.846-28.

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui