Operação “Gipsy Kings” prende suspeito de mandar executar empresário, em Ervália

0
Armas e munições foram apreendidas durante operação em Ervália — Foto: Gaeco/Divulgação

Via Zona da Mata 

O suspeito de mandar executar um empresário foi preso na manhã desta segunda-feira (17) na Operação “Gipsy Kings” em Ervália. O crime ocorreu em fevereiro deste ano em Paraíso do Tocantins (TO) e na ocasião os dois enteados da vítima foram baleados, mas não morreram.

A ação desta segunda foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) em parceria com a Polícia Civil de Minas Gerais e do Tocantins, e resultou na também na prisão do intermediário do crime, em Aimorés (MG), no Vale do Rio Doce.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de prisões preventivas e de busca e apreensão nos estados do Pará e Minas Gerais. As diligências foram realizadas para que o terceiro suspeito, um pistoleiro que deu suporte à fuga do principal executor, seja preso em Altamira (PA).

Segundo apuração do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), as investigações apontaram que a vítima teria mantido um relacionamento amoroso com a esposa do mandante do crime, que foi preso em flagrante pelo crime de posse de arma de fogo. Armas e munições foram apreendidas.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui