Após fuga do Presídio de São Sebastião do Paraíso, outros cinco detentos são capturados

0
Outros cinco detentos são capturados após fuga de presídio de São Sebastião do Paraíso; 16 seguem foragidos — Foto: João Daniel Alves/EPTV

Via G1 Sul de Minas 

Mais cinco detentos foram capturados nesta terça-feira (1º) e agora 16 seguem foragidos após fuga do Presídio de São Sebastião do Paraíso. Outros dois já haviam sido localizados na segunda-feira (31). As informações foram confirmadas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Conforme a secretaria, na segunda-feira, Murilo Henrique de Souza Lima se entregou na unidade prisional e Roberto Carlos Teixeira Santos foi capturado durante abordagem policial.

Já nesta terça-feira, a Sejusp confirmou a captura dos detentos Akison Junior Donizete Alves Silva, Junior Luiz Gomes, Estenio Donizete Valério Alves Silva, Bruno Fantacine Santana e Gustavo Henrique Cândido Rodrigues.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública divulgou o nome dos presos que continuam foragidos:

  • Gustavo Cruz de Oliveira
  • Mizael Rodrigues Ferreira
  • William Aparecido de Lima
  • Danilo de Jesus Ramos Alves
  • Mateus Flávio Silva Terra
  • Matheus Pereira Cintra Duarte
  • Wanderlei Aparecido Duarte
  • Wellington Santos Dias
  • João Batista Ferreira
  • Kelvin Kaíque Alves Lima
  • Carlos Wellington Alves Lima
  • Ernane Aparecido de Oliveira
  • Junior César Alves
  • Junior César dos Ajos
  • Luan Mariano dos Anjos Ferreira
  • Ruan Patrick Salgado Bertolde

A fuga

Os 23 detentos do Presídio de São Sebastião do Paraíso fugiram na madrugada de domingo (30). Segundo as informações do presídio, os presos teriam pulado o muro por volta de 1h da manhã.

Os detentos usavam o uniforme penitenciário na hora da fuga. Algumas peças de roupas foram encontradas no fundo do próprio presidio. A fuga só foi descoberta quando moradores viram detentos correndo pelas ruas de um bairro próximo ao presídio.

“Eles serraram a grade de uma das celas. Com a barra de ferro retirada da grade, eles estouraram o cadeado de outras celas, bem como o cadeado do pavilhão e escalaram o muro, utilizando lenções. Passaram pela concertina, caíram na horta do presídio, ganhando a rua”, disse o delegado regional Tiago Bordini.

A ação não foi percebida imediatamente pelos policiais penais que trabalhavam no presídio no momento da fuga. Além do inquérito da Polícia Civil, o Departamento Penitenciário (Depen) investiga as circunstâncias dessa fuga. Uma equipe da corregedoria da Sejusp já esteve na unidade.

A pericia da Polícia Civil também esteve no presídio e um inquérito já foi aberto pra investigar a fuga.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui