Cão encontra idoso de 71 anos em uma mata fechada em Braúnas após cinco dias desaparecido

0
Cão do Corpo de Bombeiros auxiliou na localização do idoso em Braúnas — Foto: Corpo de Bombeiros

Via G1 Vales de Minas Gerais 

Um idoso, de 71 anos, foi encontrado em uma mata após ficar cinco dias desaparecido, em Braúnas (MG). Equipes do Corpo de Bombeiros de Ipatinga e Governador Valadares trabalharam na ocorrência.

De acordo com os militares, José Caetano Moreira Sobrinho havia desaparecido na segunda-feira (7). Somente na quinta-feira (10), os bombeiros foram acionados para auxiliarem nas buscas.

Com o auxílio de cães e drones, os militares entraram na mata que fica bem perto da casa do idoso. Depois de cinco dias perdido, seu José foi encontrado no topo da mata no sábado (12).

Segundo os bombeiros, o idoso estava consciente, porém, desorientado, fraco e desidratado. Ele apresentava sinais de hipotermia nas extremidades dos membros superiores e inferiores, já que dormiu cinco noites na mata, sem abrigo e com chuva.

Um cão, chamado Bono, foi um dos heróis do resgate. O animal, que tem um ano e nove meses, faz parte da equipe do Corpo de Bombeiros de Governador Valadares. Ao encontrar o idoso na mata fechada (veja vídeo acima), ele começou a latir, sinalizando a localização.

“O emprego do cão foi fundamental para o sucesso dessa missão. Ele localizou esse senhor e ficou latindo próximo da vítima, até que a guarnição chegasse. É uma ferramenta extremamente importante, que facilita muito o nosso trabalho”, disse o tenente Wellington Celestino, do Corpo de Bombeiros.

Após encontrá-lo, os militares deram água ao idoso e trocaram a blusa molhada de chuva. Seu José foi encaminhado ao posto médico de Braúnas para avaliação do estado de saúde e, depois, levado ao hospital de Ipatinga (MG).

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui