Voo com deportados dos Estado Unidos chega ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, nesta sexta-feira (4)

0
Avião fretado trouxe 30 brasileiros deportados dos Estados Unidos até Confins, na Grande BH, no dia 21 de maio deste ano — Foto: Reprodução/TV Globo

Via G1 Minas Gerais 

Um voo com deportados dos Estado Unidos chega ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Grande BH, na tarde desta sexta-feira (4).

De acordo com a BH Airport, concessionária que administra o terminal, o avião traz 83 brasileiros. A aeronave tem previsão de aterrissagem às 14h30.

É o segundo voo neste ano, durante o governo Joe Biden, e o 24º ao todo.

Emissão de passaportes

A emissão de passaportes quase dobrou em Minas Gerais, de janeiro a abril deste ano, segundo a Polícia Federal.

“Nos chamou atenção que o público que vem tirar o passaporte hoje é muito mais o público interessado em emigrar para outro país, principalmente o pessoal do leste mineiro que tem uma tradição de imigração muito grande”, disse o chefe da delegacia de imigração da Polícia Federal, Marinho Rezende.

Segundo ele, há vários voos programados com deportados este ano porque os abrigos do governo americano estão lotados de imigrantes que foram detidos na travessia entre México e Estados Unidos.

Primeiros deportados no governo Biden

O primeiro voo com brasileiros deportados desde a posse do presidente norte-americano, Joe Biden, aconteceu no dia 21 de maio deste ano (veja todos os voos ao fim da reportagem).

Desde 2019 (vídeo abaixo), os voos de deportação foram intensificados “em razão do aumento das detenções de nacionais na fronteira Sul dos Estados Unidos”, segundo o Itamaraty.

Aquele ano marcou a retomada de uma medida que não era aceita pelo Brasil desde 2006, quando o Itamaraty alterou a política de trato de brasileiros no exterior. Mas, segundo o Itamaraty, houve voos com deportados também nos anos de 2017 e 2018 e a intensificação depois de 2019 não reflete “mudanças de política relativa aos voos”.

Brasileiros que vieram dos EUA em voos anteriores relataram maus-tratos. Na chegada, um deles, que não quis se identificar, disse que muitos passaram fome durante a prisão. Homens, mulheres e crianças, de vários estados do país, desembarcaram apenas com a roupa do corpo, documentos e o que sobrou do dinheiro que levaram.

Ao todo, 1.225 pessoas foram deportadas desde 2019. Veja abaixo as datas e a quantidade por voo.

  1. 26 de outubro de 2019 – voo com 50 pessoas
  2. 24 de janeiro de 2020 – voo com 60 pessoas
  3. 7 de fevereiro de 2020 – voo com 100 pessoas
  4. 14 de fevereiro de 2020 – voo com 86 pessoas
  5. 19 de fevereiro de 2020 – voo com 17 pessoas
  6. 2 de março de 2020 – voo com 113 pessoas
  7. 6 de março de 2020 – voo com 55 pessoas
  8. 9 de março de 2020 – voo com 42 pessoas
  9. 16 de março de 2020 – voo com 64 pessoas
  10. 20 de março de 2020 – voo com 47 pessoas
  11. 23 de março de 2020 – voo com 38 pessoas
  12. 27 de março de 2020 – voo com 43 pessoas
  13. 3 de abril de 2020 – voo com 37 pessoas
  14. 24 de abril de 2020 – voo com 85 pessoas
  15. 15 de maio de 2020 – voo com 80 pessoas
  16. 29 de maio de 2020 – voo com 22 deportados
  17. 19 de junho de 2020 – voo com 39 pessoas
  18. 17 de julho de 2020 – voo com 33 pessoas
  19. 21 de agosto de 2020 – voo com 52 pessoas
  20. 25 de setembro de 2020 – voo com 52 pessoas
  21. 30 de outubro de 2020 – voo com 51 pessoas
  22. 4 de dezembro de 2020 – voo com 29 pessoas
  23. 21 de maio de 2021 – voo com 30 pessoas

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui