Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, vai repassar R$ 4,9 milhões para a Santa Casa de Passos

0
Governador de MG, Romeu Zema (Novo), anuncia repasse de R$ 4,9 milhões para a Santa Casa de Passos — Foto: Reprodução/EPTV

Via G1 Sul de Minas 

O Governo de Minas Gerais vai repassar R$ 4,9 milhões em recursos para a Santa Casa de Passos. O anuncio foi feito pelo governador Romeu Zema (Novo) durante visita à cidade nesta quinta-feira (7).

De acordo com Zema, o repasse para o hospital vai começar a ser feito a partir de novembro deste ano.

“Dentro do possível nós temos feito investimentos. Não temos condições de resolver tudo de uma vez, mas, gradativamente, nós vamos resolver”, disse o governador.

Em maio, a Santa Casa de Passos anunciou o bloqueio de 10 leitos de UTI Covid-19 por falta de repasses das diárias do governo do estado no valor acumulado de mais de R$ 6 milhões. O hospital, depois decidiu manter o funcionamento. O Secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, falou sobre essa situação.

“Há o reconhecimento técnico do hospital. Ele continua habilitado pelo governo federal, ele continua atendendo toda a comunidade. Mas, em relação ao incentivo estadual, estamos buscando ou que se crie uma fundação junto ao hospital, que assim o problema estaria resolvido. Ou alguma outra forma jurídica para a gente fazer isso. Mas é interesse do estado porque é um hospital reconhecido e que presta um grande serviço para região”, falou o secretário.

O governador anunciou também o recurso de mais de R$ 850 mil para serem usados na retomada da obra paralisada da Unidade Básica de Saúde da Vila Betinho.

“A região dessa UBS atende pouco mais de 7 mil famílias. É um contingente populacional muito grande. É uma região que precisa ser bastante assistida”, comentou o prefeito Diogo Oliveira (PSL).

O Samu Regional Sul também vai receber recursos do governo de MG. Cerca de R$ 859 mil por mês serão repassados ao serviço de urgência, que vai beneficiar os 153 municípios atendidos. Ainda durante a visita, o governador falou sobre as cirurgias eletivas, paralisadas durante a pandemia.

“O que nós pretendemos fazer agora é estruturarmos toda a rede de saúde do estado para que essa fila, que acumulou tanto, venha a ser reduzida nos próximos meses”, disse.

O Governador segue com agenda no Sul de Minas nesta sexta-feira (7), quando visita São Sebastião do Paraíso.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui